Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Android TV: uma caixinha de surpresas
1/6
Gabriell Vieira
2/6
Gabriell Vieira
3/6
Gabriell Vieira
4/6
Gabriell Vieira
5/6
Gabriell Vieira
6/6
Gabriell Vieira

Android TV: uma caixinha de surpresas

Cinco coisas que oito influencers aprenderam na redacção da Time Out Lisboa sobre a nova box Android TV do MEO.

Por Time Out em associação com MEO
Publicidade

A Android TV chegou ao MEO. E pelo caminho passou pela Time Out Lisboa. Na passada quarta-feira, Isabela Valadeiro, Pedro Granger, Helena Costa, João Cajuda, Catarina Gouveia, Ruben Rua, Joana Vaz e Liliana Filipa subiram à redacção e não descobriram apenas um dos segredos mais bem guardados da cidade (o nosso rooftop com vista para o castelo de São Jorge): ficaram a saber tudo sobre a nova box Android TV MEO. De comando na mão e olhos colados ao ecrã – entre um copo ou outro – os convidados do MEO aprenderam uma lição. Ou melhor, cinco.

MEO Android TV
MEO Android TV
DR

1. O ecrã é de todos

A partilha de ecrã é uma das mais atraentes características da nova box Android TV do MEO. É que agora a televisão já não serve só para ver televisão: pode partilhar conteúdos como fotografias e vídeos do seu smartphone ou tablet com o ecrã da TV.

2. O comando é uma máquina

Simples, rápido e preciso. O comando da box Android TV é outro campeonato no universo dos comandos: com Bluetooth, permite controlar a box de forma inteligente – e nem sequer é preciso apontar para ela. 

Publicidade

3. Isto é um mundo à parte 

A Android TV tem um ecossistema próprio, um mundo de entretenimento sem fim onde cabem os conteúdos de televisão do MEO e muito mais. Há centenas de apps e todos os serviços do Google Play para explorar.

4. Cada um é como cada qual

O MEO sabe que gostos não se discutem e na nova box Android TV, a palavra de ordem é personalizar. Quem não tem tempo a perder com coisas que não lhe interessam, pode ir directamente à página “Para si” e descobrir todas as sugestões de conteúdos de acordo com o que mais costuma ver em casa. Na Pesquisa há ainda uma zona de “Tendências”, para quem gosta de andar sempre em cima do acontecimento.

Publicidade

5. O zapping já não é o que era

Ainda é do tempo em que o zapping não era bem zapping e se resumia a saltitar entre quatro estações? A coisa foi crescendo, crescendo e, de repente, já era possível percorrer centenas de canais, uns atrás dos outros, quase sem parar em nenhum. Com a Android TV do MEO, tudo muda. O zapping agora também pode ser temático (e não numérico) e quando está a ver um programa da emissão, se carregar no cursor para cima, abre-se uma barra com todos os conteúdos que estão a dar no momento, organizados pelas temáticas mais vistas.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade