Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Seis séries para ver nos canais abertos
Televisão, Séries, Ghosts
©BBC Ghosts

Seis séries para ver nos canais abertos

Não é só em streaming que passam séries de qualidade. Eis meia dúzia que podem ser vistas ou vão estrear-se em sinal aberto no cabo.

Por Eurico de Barros
Publicidade

Quem não tem serviços de streaming e não assina canais codificados, ou simplesmente quer variar dos conteúdos destes e ver como param as modas da ficção nos canais abertos, tem aqui uma selecção muito variada, em género como em registo, de séries actualmente em exibição nos mesmos ou então que se vão estrear até ao final do corrente mês de Fevereiro. Entre elas encontramos a colombiana Escola Nocturna – Os Sonhos Nunca Dormem, uma história dramática com pinceladas de bom humor, a inglesa Ghosts, na veia da comédia sobrenatural, ou ainda a francesa Astrid et Raphaelle, policial ao estilo clássico.

Recomendado: Onze minisséries da Netflix que vale a pena ver

Seis séries para ver nos canais abertos

Escola Nocturna – Os Sonhos Nunca Dormem

Produzida na Colômbia, esta série acompanha oito estudantes de várias idades e proveniências sociais, que têm uma coisa em comum. Todos frequentam o ensino nocturno, com o sonho de conseguirem um título académico que lhes abra as portas do mercado de trabalho e lhes dê uma vida mais desafogada. Entre eles estão uma dona de casa, um antigo recluso, uma septuagenária e um jovem casal de cozinheiros.

RTP2. Seg-Sex 12.15; RTP Play.

257 Razões Para Viver

Zhenya tem 30 anos e está finalmente a recuperar bem de uma grave doença. No entanto, não encontra o apoio que esperava por parte do namorado, que inesperadamente quer acabar com a relação, nem a reacção de familiares e amigos é o que ela esperava. Descobre então no seu velho diário uma lista de 257 coisas que queria fazer se conseguisse sobreviver à doença, e ganha um novo alento. 257 Razões para Viver chega-nos da Rússia.

RTP2. Qua 23.25; RTP Play.

Publicidade

Diz-me Quem Sou

Estamos em Madrid, em meados da década de 30. Amelia Garayoa prepara-se para casar com Santiago, um rico empresário, que lhe garantirá uma vida calma e desafogada, além da salvação da fábrica do seu pai. Mas Amelia conhece Pierre, um jovem revolucionário, e a sua vida vai mudar radicalmente. O livro homónimo da jornalista e escritora espanhola Julia Navarro está na base desta série dramática e de espionagem.

RTP2. Dom 22.10; RTP Play.

Ghosts

Uma série de comédia sobrenatural passada numa casa de campo inglesa arruinada, e assombrada por uma série de fantasmas de várias épocas históricas e classes sociais díspares, que passam o tempo a embirrar e a discutir uns com os outros e não conseguem assustar ninguém. Um casal muda-se para a casa e começa a renová-la, e os espectros passam a conviver com os seus novos ocupantes.

BBC Entertainment. Seg 23.00.

Publicidade

Resident Alien

Ficção científica, policial, drama e comédia harmonizam-se nesta série baseada num comic da Dark Horse. Um alienígena (Alan Tudyk) chega à Terra com uma missão secreta e assume a identidade de um médico de uma cidadezinha dos EUA. Mas as coisas complicam-se quando tem que resolver um homicídio e percebe que tem de se integrar plenamente no seu novo habitat e tentar compreender melhor os humanos.

SYFY. 15 de Fevereiro.

Astrid et Raphaelle

É de produção francesa este nova série policial com duas heroínas. Astrid (Sara Mortensen) trabalha nos arquivos da polícia, sofre de Asperger, é inteligentíssima e tem uma memória colossal. Raphaelle (Lola Dewaere) é Comandante da polícia e muito impulsiva, e quando as duas se cruzam numa investigação que esta está a conduzir, Raphaelle recruta Astride para a sua equipa, para que ela a ajude em futuros casos.

FOX Crime. 22 de Fevereiro.

Time In: mais coisas para fazer em casa

Time Out Market - O Prego da Peixaria
Inês Félix

Três receitas do Time Out Market Lisboa fáceis de fazer em casa

Restaurantes

Dentro do Time Out Market há uma escola de cozinha para aprender pratos de várias gastronomias mas se ficou com a pulga atrás da orelha quando foi comer a um dos restaurantes do food court e até dá dá um pezinho na cozinha lá de casa, descubra aqui três receitas fáceis (relativamente, vá) de fazer em casa. 

A Verdade/A Mentira
DR

Os eventos que pode ver na internet, em streaming

Coisas para fazer

A ordem é para ficar em casa sempre que for possível e evitar grandes aglomerados de pessoas. Abraçando o espírito de comunidade, são muitos os eventos que têm sido cancelados, na esperança de brevemente podermos todos recuperar os (bons) velhos hábitos de ir ao teatro, de ver um concerto ou de apreciar uma boa exposição. Nada tema. 

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade