A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Rua Costa Cabral
©João Saramago

O melhor da Rua de Costa Cabral

É longa, começa numa mercearia e termina num restaurante de referência. Eis o melhor da Rua de Costa Cabral

Escrito por
Mariana Duarte
Publicidade

A Rua de Costa Cabral é a maior do Porto e já foi, em tempos, a mais efervescente a nível comercial. Hoje, na sua variedade, continua a dar luta à Baixa e tem muito comércio tradicional e paisagens urbanas para descobrir. Calce as sapatilhas e conheça as preciosidades desta rua, do 1 ao 2879.

O melhor da Rua de Costa Cabral

  • Compras
  • Mercearias
  • Bonfim

Esta mercearia veio substituir, há três anos, 
a Manteigaria Vianeza. Mas o que está 
lá dentro é mais ou menos o mesmo, diz Maria Manuela, modista e antiga cliente da manteigaria que pegou no novo negócio. Aqui há bacalhau, queijos e frutos secos portugueses, enchidos regionais, leguminosas, azeites, compotas. A montra recheada chama logo a atenção.


  • Compras
  • Livrarias
  • Bonfim

Esta loja de fotografia existe há 63 anos.
 Além de fazerem fotos de passe, reparação de fotografias antigas e serviços como casamentos, festas e baptizados, também são uma espécie de arquivo-museu de relíquias – como câmaras de filmar Super 8, Polaroids antigas ou projectores dos anos 1960. Uma veterana com clientes de há décadas e respectivas novas gerações.


Publicidade
  • Compras
  • Bonfim

São duas as imagens de marca d’A Cafezeira, uma verdadeira instituição de Costa Cabral: Maria da Conceição Dias, 75 anos e à frente da casa, mulher de personalidade forte; e o café, vindo de Angola, Brasil, São Tomé e Colômbia. É comprado cru, torrado numa fábrica de Braga e moído na loja, no momento da compra. Pode ainda deliciar-se com os chás em ervas, as especiarias, os cereais, os frutos secos, os chocolates e as frutas cristalizadas e secas. Aqui vende-se quase tudo ao quilo.

  • Compras
  • Bonfim

É uma loja só de guarda-chuvas, um caso
 raro no Porto. O senhor Seabra, dono
 do estabelecimento e provavelmente o comerciante mais antigo de Costa Cabral (está nos 80 e tal anos), faz reparação de guarda-chuvas na sua oficina dentro da loja. Uma arte em extinção. “Já vieram para cá guarda-chuvas de Espanha para serem reparados”, conta.


Publicidade
  • Compras
  • Constituição

Mais recente e mais jovem do que os vizinhos, a Watchout é o sítio certo para fãs de streetwear e sapatilhas. Vans, New Balance, Element, Dickies e Reebok são algumas das marcas que se encontram por aqui.

  • Compras
  • Sapatos
  • Constituição

É uma das sapatarias mais emblemáticas de Costa Cabral e uma das poucas que ainda vai resistindo. Há 35 anos, quando Maria José começou a trabalhar aqui, aos 18 anos, contavam-se “pelo menos cinco sapatarias na rua. Agora são duas, já a contar connosco”. Acrescenta que “sapatarias e lojas de roupa foi o que mais fechou nos últimos anos. Na Jónia encontram-se sobretudo linhas de calçado de conforto, de marcas portuguesas e estrangeiras.

Publicidade
  • Desporto
  • Centros de lazer
  • Bonfim

Clube centenário que foi um dos principais impulsionadores de várias modalidades desportivas na cidade, do ténis ao pólo aquático, do badminton à natação. Segundo o historiador portuense 
Helder Pacheco, em entrevista ao jornal Público, o Académico “chegou a ser um clube tão importante como o FC Porto”. Actualmente, entre outras actividades, tem basquetebol, andebol, bilhar, hóquei em patins, um ginásio a preços low-cost com diferentes aulas de grupo (cycle, pilates, zumba e ginástica sénior, entre outras) e um grupo de corrida.

  • Arte
  • Galerias
  • Constituição

Desde miúda que Paula Robles se agarrava às telas. Hoje é funcionária pública e pintora em part-time, mas um part-time levado 
a sério. Há três anos abriu esta galeria porque a sua casa já não tinha espaço para tantos quadros e porque gosta “mesmo de pintar e de expor”. Tem aqui o seu estúdio e vende também as suas peças de artesanato.


Publicidade
  • Atracções
  • Constituição

Antiga sala de cinema que inaugurou nos anos 1940 (na década de 70, pós-25 de Abril, passavam lá filmes porno), o Júlio Deniz é hoje um cine-teatro multifunções, com bailaricos durante as tardes, a partir das 14.30. É também uma preciosidade arquitectónica da cidade e desta rua, onde se encontram casas antigas e modernas maravilhosas – além de azulejos únicos. Caminhe com atenção ao que o rodeia.

  • Saúde e beleza
  • Massagem e reflexologia
  • Constituição

Há vida além do comércio tradicional em Costa Cabral. O Sensy abriu recentemente pela mão de Sandra Figueiredo e Mariana Rocha e é um centro de bem-estar que se desdobra em vários serviços: massagens e aromoterapia; venda de cosmética natural e biológica
e de óleos essenciais; maquilhagem profissional e certificada com Vítor F.; treinos personalizados; depilação a laser; serviços de decoração de interiores, entre outros. Vão inaugurar o jardim que têm nas traseiras do edifício, onde organizarão workshops com o Cantinho das Aromáticas, cujos chás biológicos também estão à venda no Sensy. A descobrir.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Churrasco
  • Porto
  • preço 1 de 4

Mesmo em frente à estação de metro dos Combatentes, esta churrasqueira é um sítio incontornável de Costa Cabral e arredores. Tem dois pisos e está quase sempre a abarrotar de gente, seja para comer lá ou para levar a refeição para casa. Além do frango no churrasco tem várias opções de comida portuguesa boa e barata.


  • Restaurantes
  • Cafés
  • Constituição
  • preço 1 de 4

Aqui os bolos são caseiros, à excepção das natas e dos croissants. As rabanadas
 são o item mais famoso, mas o resto
 não lhe fica atrás: o bolo de laranja, os coulant de chocolate, os scones de maçã e funcho, as queijadinhas de cenoura, de maracujá ou de café, os queques de laranja ou de chocolate sem leite e manteiga.


Publicidade
  • Restaurantes
  • Cafés
  • Constituição
  • preço 1 de 4

Outro ex-líbris de Costa Cabral, em que a especialidade é a francesinha – os críticos da Time Out Porto já a consideraram
 uma das melhores da cidade. Além da francesinha tradicional, há a vegetariana e a ibérica, esta última com bacon, cogumelos e azeitonas.


  • Compras
  • Limpeza e reparação
  • Constituição

Uma verdadeira loja vintage, com máquinas de costura da Singer desde 1920 em diante. Actualmente não vendem, fazem apenas reparação de máquinas de costura.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Português
  • Constituição
  • preço 2 de 4

A decoração transporta para uma taberna do passado, mas as francesinhas colam-nos à terra. Há três opções: a tradicional, a da casa (com salsicha fumada) e a francesinha parola, servida em pão bijou e com todos os ingredientes das outras, menos o bife.


  • Restaurantes
  • Português
  • Constituição
  • preço 3 de 4

É um restaurante de referência no que toca 
à reinvenção da cozinha tradicional portuguesa, com a criatividade e imaginação a andarem lado a lado com
a qualidade dos ingredientes. É gerido
 por Sérgio Cambas, responsável também pelas Cervejarias Brasão, e pelos filhos dos responsáveis do Yuko.

Outras sugestões

  • Coisas para fazer

Restaurantes do momento e clássicos de sempre, vistas de cortar a respiração e novidades sempre a brotar que trazem portuenses e turistas a esta freguesia. O melhor do Bonfim está aqui - tome nota das recomendações.

  • Coisas para fazer

As ruas do Porto estão carregadas de muito e bom comércio tradicional (ainda bem) e a prova disso é que pode passar um dia inteiro a andar para cima e para baixo, sempre na mesma artéria, e não se aborrecer um minuto. Fizemos-lhe uma lista com tudo o que pode fazer na Rua Mouzinho da Silveira no Porto, desde entrar em barbearias para se pôr bonito, em lojas onde se vendem antiguidades, sementes ou até mantas em lã, ou em bons restaurantes para comer. Aproveite.

Publicidade
  • Coisas para fazer

Há quanto tempo não vai a Paranhos? Se pensa que esta freguesia é apenas para estudantes, desengane-se. Há espaços verdes, bons restaurantes e projectos que estão a dar que falar na cidade.

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade