Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right 15 rabanadas para provar no Porto

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme sempre antes de sair de casa.

Rabanada Flor de Lis
© DR A rabanada do restaurante Flor de Lis, na Foz

15 rabanadas para provar no Porto

Se pensa que as rabanadas só ficam bem na mesa de Natal, não sabe o que anda a perder durante o ano. Conheça 15 rabanadas para provar no Porto

Por Teresa Castro Viana
Publicidade

As rabanadas estão entre as iguarias mais populares da época natalícia e ocupam uma posição de destaque em muitas mesas. Mas não precisa de esperar pelo Natal para as comer, uma vez que há locais na Invicta nos quais as encontra todo o ano, seja no seu formato tradicional ou em versões mais fora da caixa. Por isso, se anda há muito tempo sem dar uma garfada neste doce, descubra 15 rabanadas para provar no Porto durante todo o ano. Mesmo que acredite que nenhuma supera a que faz a sua avó.

Recomendado: Seis sítios para comer aletria no Porto

15 rabanadas para provar no Porto

Semea - Rabanada
Semea - Rabanada
© João Saramago

Semea by Euskalduna

Restaurantes Fusão Flores

A rabanada, que se tornou um prato estrela no Euskalduna Studio, também está na carta do Semea. É feita com cacete caseiro, que é demolhado em leite e natas durante três horas, deixando-a bastante húmida no interior. Depois é passada por ovos, açúcar e canela, e é frita em manteiga e servida com uma bola de gelado.

Preço: 6,50€

Itaipú - Rabanada
Itaipú - Rabanada
© Marco Duarte

Itaipú

Restaurantes Galerias

Nem só de quiches, sumos naturais e brigadeiros se faz a carta do Itaipú. A rabanada, feita com cacete caseiro, está disponível todos os dias e é servida numa dose muito generosa. Vai para a mesa com uvas passas, um pau de canela e uma calda pegajosa feita à base de Porto, chá preto e casca de limão.

Preço: 1,50€

Publicidade
Cozinha do Manel - Rabanada
Cozinha do Manel - Rabanada
© Marco Duarte

A Cozinha do Manel

Restaurantes Português Bonfim

As rabanadas d'A Cozinha do Manel, feitas desde a abertura da casa, são especiais devido à quantidade de frutos secos (figos, passas e alperces) que levam. Feitas com pão de forma sem côdea do dia anterior, são demolhadas em leite quente e passadas por ovo antes de fritar. Chegam à mesa com uma calda com frutos secos, canela e vinho do Porto branco, e umas folhinhas de hortelã para dar cor.

Preço: 4€

Brasão Foz
Brasão Foz
© DR

Brasão Cervejaria Foz

Restaurantes Cervejarias Foz

Demolhada num creme inglês e frita, a rabanada do Brasão Foz é servida sobre uma camada desse mesmo creme e amendoins. Por cima, leva uma bola de gelado de nata e amêndoa laminada.

Preço: 4€

Publicidade
Café Além Douro - Rabanada
Café Além Douro - Rabanada
© Claudia Paiva

Café Além Douro

Restaurantes Cafés Constituição

É bem capaz de já ter passado pelo Café Além Douro e nem ter dado conta. Para a próxima vá com mais atenção, entre e prove as rabanadas que saem todos os dias há mais de 20 anos. Feitas com pão de forma do dia anterior, são demolhadas numa mistura de água, leite, açúcar e canela e regadas – só se quiser – com uma calda à base de vinho do Porto, canela, água e açúcar.

Preço: 1,50€

Rabanada Flor de Lis
Rabanada Flor de Lis
© DR

Flor de Lis

4 /5 estrelas
Restaurantes Europeu Foz

A rabananda é uma das entradas mais recentes da carta deste restaurante comandado pelo chef Arnaldo Azevedo, na Foz. Feita com pão brioche, é frita, passada por açúcar e canela e servida com um creme inglês.

Preço: 8€

Publicidade
O Antunes - Rabanada
O Antunes - Rabanada
© Marco Duarte

O Antunes

Restaurantes Português Baixa

As rabanadas d'O Antunes, servidas durante todo o ano, são a imagem de marca desta casa. Muito fofas e amarelinhas, são feitas a olho pela D. Maria Luísa, a responsável pelo restaurante. Usam pão do dia anterior (um para cada rabanada) que, depois de demolhado numa mistura de leite, ovos e canela, entre outros ingredientes, é frito e polvilhado com canela e açúcar. O molho vai para a mesa engarrafado e cabe ao cliente a decisão de as ensopar ou não.

Preço: 1,75€

Terreiro
Terreiro
© Marco Duarte

Terreiro

Restaurantes Restaurantes Ribeira

Apesar de não estar na carta fixa, a rabanada é uma alternativa frequente no Terreiro, principalmente na altura do Natal. Feita com molete (de preferência do dia anterior), é servida com uma calda à base de água, leite, pau de canela, casca de limão e um ingrediente extra. E secreto. É passada por ovo, frita em óleo e servida com açúcar e canela em pó.

Preço: 3,50€

Publicidade
Early
Early
© João Rabanada

Early Cedofeita

4 /5 estrelas
Restaurantes Restaurantes Baixa

Servida com uma dose muito generosa de bacon crocante, chutney de pimentos e xarope de ácer, esta rabanada de brioche é sempre bem-vinda. Para começar o dia com energia, para um almoço original ou para devorar a meio da tarde, quando a fome já aperta.

Preço: 7,50€

Capa na Baixa
Capa na Baixa
© Rui Correia

Capa na Baixa

Restaurantes Restaurantes Aliados

São feitas diariamente, estão disponíveis durante todo o ano e são servidas com creme de ovo e canela. A dose inclui duas rabanadas e podem ser pedidas sozinhas (2€), mas na carta a sugestão passa por acompanhá-las com um cálice de Porto.

Preço: 5€

Publicidade
Terminal 4450
Terminal 4450
© Tiago Lessa

Terminal 4450

4 /5 estrelas
Restaurantes Steakhouse Leça da Palmeira

Há sobremesas obrigatórias e a rabanada, que está durante todo o ano na carta do Terminal 4450, a meca da carne de Leça da Palmeira, é uma delas. Servida com gelado de noz (o que a torna mais especial nesta altura do ano), é a sugestão perfeita para fechar a refeição.

Preço: 5€

Majestic Café - Rabanada
Majestic Café - Rabanada
© Marco Duarte

Majestic Café

Restaurantes Cafés Santa Catarina

A receita das rabanadas à Majestic, servidas há quase duas décadas, veio de um livro de uma antiga funcionária. Feitas com cacete fresco, são mergulhadas numa mistura de leite fervido com canela e limão, e passadas por ovos antes de irem a fritar. Por cima levam um creme de ovos caseiro com uma mistura de sultanas, nozes e pinhões. Hoje em dia são o ex-líbris deste café histórico da cidade.

Preço: 6€

Publicidade
Mito - Rabanadas
Mito - Rabanadas
© João Saramago

Mito

Restaurantes Fusão Baixa

À primeira, a combinação pode soar estranha, mas a rabanada de matcha é um sucesso no Mito. É demolhada em leite, ovo, açúcar e matcha (chá verde japonês) e frita ainda congelada para conservar a humidade. Antes de ser empratada é marcada na grelha e acompanha com gelado de bacon caramelizado e xarope de ácer.

Preço: 5€

O Buraco - Rabanada
O Buraco - Rabanada
© Marco Duarte

O Buraco

Restaurantes Português Baixa

As rabanadas d'O Buraco são das mais famosas da cidade. Estão na carta diariamente e, por norma, esgotam ao almoço. Feitas com pão de forma, são demolhadas num chá aromatizado com canela e vinho do Porto, e servidas com uma calda que leva os mesmos ingredientes. O resultado é uma rabanada saborosa e leve que se come em três tempos.

Preço: 2,50€

Publicidade
Rei dos Queijos
Rei dos Queijos
© João Saramago

Rei dos Queijos

Restaurantes Português Baixa

Em primeiro lugar, retira-se a côdea e molha-se o pão numa mistura de leite de cabra de Melgaço, ovos, açúcar, limão e canela. Depois, frita-se e rega-se a rabanada com uma calda de açúcar, limão e canela e serve-se com gelado de queijo de cabra de Melgaço.

Preço: 5€

Porque o Natal está aí à porta

Bacalhau da Pérola do Bolhão
© João Saramago

Cinco sítios para comprar bacalhau no Porto

Compras Mercearias

Construir uma mesa de consoada perfeita, que agrade a toda a família, não é tarefa fácil, sobretudo se não souber onde encontrar os melhores produtos, necessários para preparar uma refeição completa. A pensar nisso, preparámos-lhe esta lista com cinco sítios para comprar bacalhau no Porto, uma vez que, nesta época festiva, é uma das matérias-primas mais usadas. Apesar de este peixe não existir nas águas portuguesas, não há dúvida de que somos especialistas em trabalhá-lo de várias formas e feitios. Por isso, boas compras e boa consoada. Tenha um feliz Natal. Recomendado: Cinco sítios para comer bolo-rei no Porto

Bolo 11/12 - Terreiro
© João Saramago

Os melhores bolos de chocolate no Porto

Restaurantes

De chocolate muitos gostam. De bolo de chocolate, nem todos. A verdade é que, pela cidade e arredores, não faltam alternativas mas nem todas merecem uma colherada bem dada. Mas não precisa de procurar mais: nesta lista estão os melhores bolos de chocolate no Porto, seja para acompanhar com uma bebida de café num lanche calórico ou para terminar um jantar da melhor maneira. Se é um guloso sem cura e os doces são a sua maior perdição, não se acanhe e leia o que se segue. Recomendado: Os melhores chocolates do Porto

Publicidade
Padaria Ribeiro - Bolo Rei
© João Saramago

Cinco sítios para comprar bolo-rei no Porto

Compras Confeitarias

Nesta altura do ano não é difícil encontrá-lo onde quer que vá (supermercados, confeitarias, lojas gourmet e por aí fora). Para o ajudar a escolher um exemplar como deve ser para a sua mesa de Natal, elegemos cinco sítios para comprar bolo-rei no Porto. Se o tradicional não é o seu favorito, não desespere, porque nesta lista também encontra locais que vendem outras opções. Com as festas à porta, aproveite também para saber onde comer as melhores rabanadas e aletrias da cidade. Tenha umas festas felizes. Recomendado: Os melhores chocolates do Porto

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade