Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Nove bolas de Berlim para provar no Porto
Restaurante, Leitaria da Quinta  do Paço, Bolas de Berlim
©DR Bolas de Berlim da Leitaria da Quinta do Paço

Nove bolas de Berlim para provar no Porto

Quentes ou frias? Fofas. Nesta lista encontra nove bolas de Berlim para provar no Porto, das doces às salgadas.

Por Teresa Castro Viana
Publicidade

Podem saber melhor depois de um banho de mar, estendido na areia, mas não precisa de esperar pelo próximo Verão para comer bolas de Berlim. Nesta lista há de tudo. Das clássicas, recheadas com chantilly ou creme de pasteleiro, às originais, com banana ou cremoso de toffee, passando ainda pelas salgadas. Sim. Isso mesmo que leu. E porque não uma bola de Berlim recheada com creme de pata negra e bacon ou outra com mousse de salmão e wasabi a abrir uma refeição? Nesta lista tem nove bolas de Berlim para provar no Porto.

Recomendado: Os melhores gelados no Porto

Sítios para comer bolas de Berlim no Porto:

Cruel
Cruel
@João Saramago

Cruel

Restaurantes Baixa

Quando abriu, em 2015, já as bolas de Berlim com mousse de salmão e creme de wasabi (6,50€) estavam na carta do Cruel. Hoje, passados estes anos, lá continuam a fazer sucesso. Fazem parte do menu cruel, mais arriscado, e são uma óptima forma de começar a refeição.

Almeja
Almeja
©João Saramago

Almeja

Restaurantes Português Baixa

Nos menus de degustação de dez momentos (60€), as bolas de Berlim salgadas aparecem com frequência e vão variando entre a de presunto de porco preto e a de pastrami de língua de vaca, curada durante dez dias e cozinhada, depois, durante 48 horas. Mas também há doces (3€/unidade). Costumam aparecer nos eventos pop-up, mas também estão disponíveis para encomendas superiores a 15 unidades. Curd de limão com merengue italiano, banoffee e caril são os sabores possíveis.

Publicidade
Restaurante, Terminal 4450, Bola de Berlim
Restaurante, Terminal 4450, Bola de Berlim
©Tiago Lessa

Terminal 4450

Restaurantes Steakhouse Leça da Palmeira

Depois de um fartote de carne, por que não fechar a refeição com uma bola de Berlim recheada com creme de pasteleiro e servida sobre uma camada de leite condensado cozido (4€)? Se acha que já não tem espaço na barriga, dê lá um jeitinho. Porque o Terminal 4450 é também famoso pelas sobremesas gulosas, como esta bola de Berlim ou o pecaminoso decadente de chocolate.

Elemento
Elemento
© DR

Elemento

Restaurantes Restaurantes Galerias

No Elemento, um restaurante onde tudo é cozinhado no fogo, pode optar pelo menu de degustação ou escolher à carta. Se escolher a segunda opção, pode também devorar a bola de Berlim com cremoso de toffee e noz-moscada fumada (6€), frita dentro de panelas de ferro fundido sobre fogo de sobreiro.

Publicidade
Restaurante, Kug, Bola de Berlim
Restaurante, Kug, Bola de Berlim
©DR

KUG

Restaurantes Porto

Um dos mais bonitos jardins da cidade, onde também se pode e deve comer, tem agora uma carta totalmente desenvolvida pelo chef Rui Paula, do brunch ao jantar. A Bola de Berlim de banoffee é um dos itens no terceiro menu de brunch (37€), apenas disponível ao fim-de-semana das 12.00 às 16.00, e vale a pena ser sôfrego por causa dela. Leva doce de leite, raspas de chocolate, chantilly e, por cima, uma rodela de banana caramelizada. Depois deste repasto, o melhor é dar uma volta pelo jardim para abater as calorias.

Restaurante, Mito, Bola de Berlim
Restaurante, Mito, Bola de Berlim
©Tiago Lessa

Mito

Restaurantes Fusão Baixa

É um dos petiscos mais fotografados, provados e adorados da carta do Mito, restaurante do chef Pedro Braga. Depois de um período fora do menu, as bolinhas de Berlim (6€) feitas com massa de brioche caseira, fritas na hora e passadas por açúcar e paprika fumada, estão de novo disponíveis. E ainda bem. Servidas em duo, são recheadas com bechamel com bacon e presunto pata negra.

Publicidade
Restaurante, Leitaria da Quinta  do Paço, Bolas de Berlim
Restaurante, Leitaria da Quinta  do Paço, Bolas de Berlim
©DR

Leitaria da Quinta do Paço

Restaurantes Cafés Baixa

Além dos éclairs, também as bolas de Berlim artesanais fazem furor na Leitaria da Quinta do Paço, que este ano comemora o seu centenário. Há simples, a 1€, recheadas com creme ou o famoso chantilly (a partir de 0,60€), mas também com limão ou creme de chocolate (ambas a 1,50€). Com a abertura de uma loja no Mar Shopping, haverá, em exclusivo nesse espaço, uma bola de Berlim com cobertura de ananás e coco (1,50€).

Confeitaria Serrana
Confeitaria Serrana
©DR

Confeitaria Serrana

Restaurantes Confeitarias São Bento

Não coma isto sozinho. Ou então coma, mas vá de estômago vazio. As bolas de Berlim da Confeitaria Serrana, inserida no projecto do Porto de Tradição, são gigantes, muito fofas, recheadas com creme de pasteleiro e polvilhadas com açúcar em pó (1,20€). Há quem diga que são as melhores da cidade.

Publicidade
Pastelaria, Confeitaria, Nandinha, Bola de Berlim
Pastelaria, Confeitaria, Nandinha, Bola de Berlim
©DR

Confeitaria Nandinha

Restaurantes Confeitarias Baixa

É uma das mais tradicionais confeitarias da cidade, com uma montra sempre bem recheada de produtos artesanais, como as glorinhas e as bolas de Berlim. Fritas impecavelmente, existem na versão normal (0,90€) ou com farinha de alfarroba (1€). Ambas são recheadas com um creme pasteleiro muito cremoso.

Outros doces para provar no Porto

Aletria da Casa Inês
© Cláudia Paiva

Três sítios para comer aletria no Porto

Restaurantes

Ovos, açúcar e canela: são os ingredientes obrigatórios na maioria das sobremesas de Natal. Felizmente, no que toca a este doce, o Natal é quando um homem quiser. Descubra três sítios para comer aletria no Porto quando bem lhe apetecer.

Publicidade
hungaros confeitaria aliança
© Marco Duarte

Três sítios para comer húngaros no Porto

Restaurantes

Em forma de coração, estrela, círculo ou losango, não há quem lhes resista. A acompanhar o café ou para encher a barriga num lanche como deve ser, descubra três sítios no Porto para comer húngaros.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade