Viver em Lisboa: nove dicas para sobreviver na cidade

Viver em Lisboa não é pêra doce, mas temos duas mãos cheias de truques para sobreviver na cidade.
miradouro da graça
Fotografia: Arlindo Camacho
Por Luís Leal Miranda |
Publicidade

Lisboa é menina e moça, sim senhor, mas também pode ser uma cidade madrasta – madrasta tipo filme da Disney, não tipo a mulher do pai. Mas o problema maior é que em Lisboa não há animais falantes para nos ajudar a superar as vilanias da vida urbana, tantas vezes difícil de lidar. Mas nada tema. A Time Out está aqui, qual fada madrinha, para o ajudar a viver em Lisboa e a conquistar o coração desta princesa. Vai valer a pena. Siga as nossas dicas em Lisboa e tudo vai parecer mais fácil (e barato).

Recomendado: Os segredos da calçada lisboeta

Viver em Lisboa: 9 dicas para sobreviver na cidade

1
Eléctrico 28
Fotografia: Arlindo Camacho

Decore este número: 12

Se quer ir ao Castelo de eléctrico esqueça o 28. Se apanhar o 12 na Praça da Figueira chega lá num instante, com menos turistas e, quem sabe, com a carteira ainda no bolso.

2
caixas correio
Fotografia: Arlindo Camacho

Mande uma carta fora de horas

Precisa de enviar uma encomenda e já passa das 21.00? Não desespere. A loja dos CTT de Cabo Ruivo fecha às 23.00 todos os dias úteis; e a do El Corte Inglés às 22.00. O posto dos correios do Aeroporto está aberto ao domingo.

Publicidade
3
filipa gregório e mauro gonçalves serviram de modelos
Fotografia: Manuel Manso e Rui Pita

Poupe para as pipocas

Memorize de uma vez as noites de cinema mais baratas em Lisboa: nos cinemas UCI (El Corte Inglés) um bilhete custa 3€ às terças, mas só para utilizadores da rede Yorn; no Cinema Ideal é às quintas que se paga menos, 5€ por filme; nos cinemas NOS (Amoreiras), à segunda-feira um bilhete custa 6,05€ e no Monumental e Nimas ver um filme no primeiro dia da semana custa 5€. Há ainda a imbatível Cinemateca, onde o bilhete mais caro é 3,20€.

4
Cartão viva viagens
©DR

Use e abuse do Viva

O seu passe, o Cartão Lisboa Viva, também serve como cartão de descontos em museus, lojas, teatros e monumentos. Pode consultar as vantagens aqui.

Publicidade
5
CCB
©CCB

Leve os miúdos para a noite durante a semana

Os espectáculos para crianças no CCB custam metade do preço nos dias úteis.

6
Elevador de Santa Justa
© Lydia Evans / Time Out

Arme-se em turista sem gastar o que poupou para as férias

Apetece-lhe ver as vistas do topo do elevador de Santa Justa? Evite a fila, vá a pé até ao Largo do Carmo e siga pela rua ao lado do quartel, a Travessa Dom Pedro de Menezes.

Publicidade
7

Arranje o microondas

Tem um electrodoméstico que precisa de ser reparado? Esteja atento às datas do próximo Repair Café, evento em que voluntários se juntam para reparar gratuitamente objectos avariados. Repete-se todos os meses no Mercado do Forno do Tijolo, embora agora deva fazer uma pausa no Verão. É um projecto do Fablab Lisboa.

8
carris
Fotografia: Manuel Manso

Contorne as greves

Nunca mais fique parado tipo homem-estátua numa paragem da Carris ou à porta da estação do Metro. Descarregue a aplicação “Hoje Há Greve?” (iOS e Android) para o telemóvel e fique a par de todas as paralisações. Em alternativa pode consultar o site.

Publicidade
9
casa dos bicos
©DR

Vá a um museu à pelintra

Memorize esta lista de museus gratuitos em Lisboa. Vamos lá: Museu do Dinheiro, Casa dos Gessos, Núcleo Museológico da Casa dos Bicos, Núcleo Arqueológico dos Correeiros, Atelier-Museu Júlio Pomar.

Já agora, o museu mais barato de Lisboa é a Casa Fernando Maurício, na Mouraria. A entrada custa 1€. O Museu do Aljube também é à prova de pelintras: 1,50€ o bilhete.

Acha que conhece bem a cidade?

Coisas para fazer, Jogos e passatempos

Descubra onde é isto e teste se é um verdadeiro lisboeta

Considere isto um treino para não corar quando alguém de fora lhe fizer perguntas difíceis sobre a sua própria cidade. Este é o segundo teste que o pode validar como um verdadeiro alfacinha, o que só acontece se responder a pelo menos três dos cinco desafios propostos. As soluções estão a seguir à imagem nº5 (ou antes da imagem nº 1, como lhe der mais jeito) e, apesar das imagens terem sido retiradas do Google Maps, não vale ir copiar ao Google. Aceita o nosso desafio? 

Coisas para fazer

Descubra onde é isto e teste se é um verdadeiro lisboeta (parte 2)

Considere isto um treino para não corar quando alguém de fora lhe fizer perguntas difíceis sobre a sua própria cidade. Este é o segundo teste que o pode validar como um verdadeiro alfacinha, o que só acontece se responder a pelo menos três dos cinco desafios propostos. As soluções estão a seguir à imagem nº5 (ou antes da imagem nº 1, como lhe der mais jeito) e, apesar das imagens terem sido retiradas do Google Maps, não vale ir copiar ao Google. Aceita o nosso desafio? 

Publicidade
Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com