Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Especial Dia da Mulher: Mafalda Sena, cenas mil

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme sempre antes de sair de casa.

Mafalda Sena
© Gabriell Vieira Mafalda Sena

Especial Dia da Mulher: Mafalda Sena, cenas mil

É a autora da página Senasaudáveis, no Instagram, onde partilha receitas e mostra que mudar o corpo é possível, com calma e paciência. Eis o testemunho de Mafalda Sena.

Por Sebastião Almeida
Publicidade

“Sempre fui a gorducha da família”. Mafalda Sena, de 31 anos, cresceu rodeada de irmãos e primos. Nas fotografias de família, recorda, “era sempre aquela que se destacava por ser mais gordinha”. Com a idade, foi percebendo que o excesso de peso lhe era prejudicial. Interiorizou que tinha de mudar, e assim foi. Mas tudo a seu tempo – e com muita paciência. “Quis mudar, mas sempre gostei muito de cozinhar. Precisava de emagrecer, mas gostava de comer”, diz à Time Out. “Comecei, mas comecei a sério.” Primeiro vieram as caminhadas, depois as corridas, o ginásio e um personal trainer. “Comecei a conhecer o meu corpo”, resume. A certa altura, depois de muitos quilos perdidos, o corpo deixou de reagir. Foi ter com um nutricionista e conseguiu os resultados que queria e que sozinha não conseguia alcançar.

No Instagram, a arquitecta naval ia partilhando as receitas que inventava. Há três anos, criou a Senasaudáveis, hoje com quase 100 mil seguidores. No início pensava que seria apenas uma página para os amigos e a família seguirem as receitas, mas tudo aconteceu muito depressa. Um dia foi convidada para ir a um programa de televisão e revelou a identidade (antes só apareciam as mãos nas fotografias que partilhava). Nas horas seguintes, ficou sem bateria no telemóvel, tamanha foi a quantidade de gente que lhe queria falar.

Depois, foram aparecendo pequenas marcas, parcerias, como a que no último ano a juntou à Paisagindo.Bio, uma produtora nacional de plantas aromáticas e medicinais. Mafalda criou tisanas com base em receitas que ia experimentando em casa. O sucesso é tal, que esgotam num ápice assim que são lançadas. Desde que se aliaram, já criaram seis tisanas – algumas drenantes, outras para fortalecer o sistema imunitário ou para desinchar a barriga.

Mas qual a receita para tamanho sucesso? Mafalda acredita que a naturalidade é a chave. “Mostro que é possível mudar o estilo de vida. Bebo vinho e quando o faço dá-me um gozo tremendo. É isso que tento passar às pessoas que me seguem, que consigo viver em comunidade”, brinca. Para se conseguir uma mudança tão grande, há que haver compromisso. Demora tempo, afirma a arquitecta, “mas tudo é possível”. Mafalda faz questão de o mostrar, sem entrar em exageros.

Quem é a mulher que te inspira?

“A minha mãe. Teve cinco filhos, viveu muito para nós. Divorciou-se, e aos 50 e poucos anos decidiu que queria gerir um hotel com mais de 500 quartos e viver sozinha no Algarve. Revejo-me um bocadinho nela. É muito organizada e é isso que a faz andar para a frente e conseguir fazer tudo ao mesmo tempo. É uma pessoa muito corajosa e é ao olhar para ela que penso ‘bora lá’.”

Quem manda aqui?

Mafalda Sena
© Gabriell Vieira

Especial Dia da Mulher: Mafalda Sena, cenas mil

Saúde e beleza

“Sempre fui a gorducha da família”. Mafalda Sena, de 31 anos, cresceu rodeada de irmãos e primos. Nas fotografias de família, recorda, “era sempre aquela que se destacava por ser mais gordinha”. Com a idade, foi percebendo que o excesso de peso lhe era prejudicial. Interiorizou que tinha de mudar, e assim foi. Mas tudo a seu tempo – e com muita paciência.

Ana Leão
Gabriell Vieira

Especial Dia da Mulher: Ana Leão, leoa para os amigos

Restaurantes

Se uma Bimby ajuda muito boa gente lá em casa, não define a vida de um cozinheiro e ai de quem se meta com Ana Leão, Leoa para os amigos, e vá para as suas redes sociais dizer que babkas ou brownies se fazem bem no robot de cozinha. Esta fera da cozinha já é conhecida pelas gentes da área no Porto e está agora de passagem em Lisboa, tendo-se juntado ao colectivo New Kids on the Block, de novos chefs criativos e inconformistas.

Publicidade
Nenny
DR

Especial Dia da Mulher: Nenny, Queen N

Coisas para fazer

“Sushi”, “Bússola” e “Tequila” talvez formem a santíssima trindade que faz de Nenny o fenómeno que é hoje. Com 18 anos apenas, esta cantora e compositora portuguesa de raízes cabo-verdianas e a viver no Luxemburgo tem milhões (sim, são mesmo muitos milhões) de visualizações no YouTube.

Inês Aires Pereira
©Gabriell Vieira

Especial Dia da Mulher: Inês Aires Pereira, cheia de graça

Arte

No último ano, entrou em nossas casas como uma das principais convidadas do Como é que o Bicho Mexe?, de Bruno Nogueira, e conquistou milhares de pessoas, que ficaram a conhecer melhor a actriz portuguesa. Uma mulher do Norte sem papas na língua, divertida, com espírito de criança mas também de guerreira – “éipica” no geral. Mas Inês não chegou agora.

Publicidade
Joana Duarte (Béhen)
DR

Especial Dia da Mulher: Joana Duarte (Béhen), o segredo do enxoval

Compras

A tradição portuguesa parece estar em vias de extinção no seio das famílias, mas não na de Joana Duarte. Foi precisamente no momento em que desenterrou o seu enxoval – feito com a avó, que a ensinou a bordar e a costurar –, que nasceu a Béhen, a marca pela qual dá a cara e que põe a moda a circular, transformando o velho em novo. Uma marca feita por mulheres e para mulheres.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade