Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Três ideias para celebrar o Halloween no Porto

Três ideias para celebrar o Halloween no Porto

Está a chegar a noite mais assustadora do ano e nós não a deixamos passar em branco. Entre oficinas e festas, escolhemos três sugestões para celebrar o Halloween no Porto.

Por Maria Monteiro |
Publicidade
Halloween
© DR

Por esta altura do ano, a questão que se (im)põe é “Doçura ou travessura?”. Embora não com raízes tão fortes como nos países anglo-saxónicos, o Halloween está bem representado por toda a cidade, seja nas montras das lojas onde pode comprar os disfarces mais assustadores, ou na agenda de eventos do mês, onde cabem oficinas para miúdos e graúdos, festas temáticas e muita animação. Se passa o ano inteiro à espera de pretexto para planear a partida perfeita e dar vida às personagens dos seus filmes de terror favoritos, não precisa de esperar mais. Mas, além destas, há muitas outras actividades para celebrar o Halloween no Porto e nós deixamos-lhe três sugestões. A melhor forma de nos agradecer é divertir-se.

Recomendado: Coisas para fazer no Porto em Outubro

Três ideias para celebrar o Halloween no Porto

lanternas com abóboras
© DR

Aprenda a fazer uma lanterna com uma abóbora

É uma das tradições mais populares do Dia das Bruxas nos Estados Unidos e no Reino Unido e por cá também vai ter oportunidade de o fazer. O Atelier Horas a Fio, em Vila Nova de Gaia, vai ser palco de um workshop sobre a construção de lanternas a partir de abóboras esculpidas com esse propósito. A oficina decorre no domingo, 27 de Outubro, das 10.00 às 13.00, e custa 20€ (com materiais incluídos).

oficina esqueleto no museu fc porto
© DR

Divirta-se a criar um esqueleto com os miúdos

Osso a osso, enche a pequenada o esqueleto. O ditado não é bem assim, mas é o que vai acontecer no domingo, das 10.30 às 12.00, no Museu FC Porto. Sacode o esqueleto que há em ti é a oficina criativa que desafia toda a família a criar os esqueletos mais engraçados e divertidos “para uma noite em que até os sustos podem ser uma delícia”. A participação custa 5€ por criança e acompanhante.

Publicidade
Stef Ketteringham
© Wooden Eyes Never Lies

Exiba o seu disfarce na pista de dança até de manhã

Se quiser abanar o corpinho pela noite dentro, aproveitando que no dia seguinte é feriado, pode fazê-lo nos Maus HábitosCorpo Santo é a festa organizada pela Lovers & Lollypops e a Favela Discos e acontece no dia 31, às 22.00. No alinhamento, estão nomes como Stef Ketteringham, Psy Cão, Hedonic2 ou Proteus. Os bilhetes já estão à venda e custam 10€.

Mais para fazer

Palacete de Marques Gomes em Vila Nova de Gaia
©DR
Notícias, Estranho e maravilhoso

Em noite de Dia das Bruxas, cinco sítios de arrepiar no Porto e arredores

Sanatório de Mont’Alto na Serra do ValongoA palavra sanatório nunca foi um bom auspício. Activo entre 1958 e 1975, este edifício onde se tratavam doentes com tuberculose tinha apenas 50 camas quando abriu as portas, mas consta que chegou a acolher 350 pacientes em simultâneo. Há histórias de negligência e maus-tratos documentadas, e muitas delas terminaram em mortes terríveis, segundo alguns pacientes que lá estiveram internados. Depois da denúncia dos abusos, o sanatório foi deixado ao abandono. Foi pilhado, vandalizado, serviu de lugar para a prática de rituais satânicos e incendiado várias vezes. Conta-se por portas travessas que os espíritos dos doentes tuberculosos ainda deambulam pelos corredores e assombram quem lá entra. Monte de Santa Justa (Valongo).   Sanatório de Valongo ©DR   Palacete de Marques Gomes em Vila Nova de GaiaNão há lista de lugares assombrados em que este palacete não figure. Manuel Marques Gomes foi um empresário português que fez fortuna no Brasil no início do século XX. Quando regressou mandou construir um bonito casarão à beira do Douro. Mas os filhos — que eram 13 — desentenderam-se durante o processo de partilhas da herança e rapidamente o palácio caiu em ruínas, e a vegetação exótica tomou conta do edifício que entretanto foi pilhado e incendiado. A parte mais assustadora ainda está para vir. Em Histórias de um Portugal Assombrado, Vanessa Fidalgo, faz o seguinte relato: “‘Saiam daqui, vão-se embora!’ – vociferou uma voz metálica e g

Exit Games
DR
Coisas para fazer

Seis escape rooms no Porto para conhecer

Quer sair com amigos mas não sabe o que fazer com eles? Nada tema, este é um problema mais comum do que imagina e que afecta relações com muitos e bons anos. Posto isto, os escape rooms vieram, de certa forma, ajudar a resolver esse tipo impasse relacional. Tudo o que tem de fazer é convencer o seu grupo a fechar-se numa sala consigo durante 60 minutos. Solucionar enigmas, responder a questões difíceis e estar atento aos pormenores são alguns dos requisitos para quem quiser sair vencedor destes jogos, que geralmente exigem rapidez de raciocínio e alguma criatividade. Aqui tem seis escape rooms no Porto para conhecer. Não tem de quê. Recomendado: As melhores actividades para grupos no Porto

You may also like

    Publicidade