A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Okra
©Diana Monteiro

Três novos restaurantes italianos para experimentar no Porto

Se anda com saudades de uma pizza bem feita ou de um bom prato de massa fresca, aqui tem três novos restaurantes italianos no Porto para experimentar.

Escrito por
Mariana Morais Pinheiro
Publicidade
Okra
©Diana Monteiro

Há gastronomias tão sensuais como consensuais. A italiana, se não ocupar o primeiro lugar do pódio, andará, seguramente, nos degraus seguintes. Porquê? Porque são muito poucos os que não se derretem perante uma pizza acabada de sair de um forno a lenha ou os que não se babam assim que vislumbram um tentador prato de massa fresca, cozinhado al dente, e coberto de queijo parmesão ralado na hora. Se anda com vontade de espetar o dente num destes clássicos gastronómicos, aqui tem três novos restaurantes italianos no Porto que o vão fazer exclamar mamma mia e mandar beijos com a ponta dos dedos.

Recomendado: Novos restaurantes para conhecer no Porto

Novos restaurantes italianos no Porto

  • Restaurantes
  • Italiano
  • Cedofeita

Durante o dia, os grandes janelões virados para a rua não passam despercebidos a quem passa entre a Rua de Miguel Bombarda e a Adolfo Casais Monteiro, duas das artérias mais mexidas do quarteirão das artes. Mas, à noite, o cenário é ainda mais convidativo: a sala, com candeeiros e cadeiras em palhinha, vegetação suspensa, um bar para cocktails e outro de corte, de onde saem as carnes frias que aqui também se servem, ilumina-se e faz lembrar um restaurante da Riviera Francesa. “A ideia era ser uma pizzaria sem as típicas toalhas de mesas aos quadrados. Queríamos uma decoração leve e descontraída, que fugisse ao que seria expectável”, explica Luís Folhadela, responsável pelo Okra. O arrojo saltou também para o menu, que apresenta propostas mais fora da caixa. “Entendemos que havia espaço para sermos disruptivos. Temos uma série de construções que não são comuns em pizzarias. Temos pizza com pato fumado ou com polvo”, conta Ricardo Graça Moura, um dos sócios. São todas cozinhadas em forno a lenha, num Stefano Ferrara, para seremos mais específicos, que é uma espécie de Rolls-Royce dos fornos do género. À de pato fumado com radicchio e ricota (14€) e à de camarão com carpaccio de polvo e tinta de choco (15€), juntam-se outras, como a de presunto de Parma (16€) ou a de alcachofras e espargos (17€). Se chegar com fome, antes peça o crudo de corvina ou o tártaro de carne (ambos a 9€) e, depois, o gelado de mascarpone e rum ou o semifrio de ricota com figo e laranja (ambos 5€).

  • Restaurantes
  • Italiano
  • Santa Catarina
  • preço 2 de 4

Com o estalar da pandemia, em Março de 2020, o Hotel Teatro (onde outrora funcionou, ainda que por um curto período de tempo, o malogrado Teatro Baquet) encerrou as portas para as reabrir quase ano e meio depois como PortoBay Teatro, todo remodelado e com um restaurante de matriz italiana, virado para a rua como que a convidar quem passa. Neste espaço de madeiras claras, com almofadas em tons neutros e muita vegetação, faz-se comida de conforto. Risotos, pratos de tortellini e raviólis, e pizzas cozinhadas em forno a lenha enchem o menu preparado pelos chefs Pedro Spínola e Irene Vietti. Para começar, há focaccias, bruschettas, sopas minestrone, bife tártaro e carpaccio de polvo, além de saladas de rúcula com burrata, tomate e pesto, por exemplo (entre os 2,50€ e os 13,50€). Os secondi piatti, para quem continuar com fastio, incluem o ossobuco com gremolata e polenta frita (18€) ou a bochecha de porco preto com gnocchi recheados (18,50€). Pelo caminho, há oito pizzas, da tradicional Margherita (9,50€) à vegetariana com parmesão, beringela, curgete, pimentos e espargos (12,50€). Termine com aquelas sobremesas que nunca falham, como o tiramisù, a panacota ou a tarte caprese com gelado de avelã (entre os 5€ e os 6€).

Publicidade
  • Restaurantes
  • Italiano
  • Foz

O empresário portuense Vasco Mourão, dono do grupo Cafeína, tinha um sonho antigo: criar uma “pequena Itália” (“little Italy”) na Rua de Côrte Real, na Foz. E assim juntou um novo espaço ao já famoso Portarossa, um dos melhores restaurantes italianos da cidade. Na carta do Lucrécia sobressaem as pastas frescas, os queijos e a charcutaria. Com cozinha aberta para a sala e uma esplanada, a principal aposta são as pastas recheadas artesanais e o Mozzarella Bar, com uma vasta selecção de queijos e de charcutaria italiana, vinda maioritariamente de pequenos produtores. Há também pratos clássicos que transitam do irmão mais velho e vizinho, como é o caso de uma pequena selecção de pizzas em forno a lenha. Nas entradas há propostas como o big big carpaccio de novilho com coração de burrata e salsa piemontese (11,80€) ou uns arancinis com cogumelos e queijo parmigiano reggiano DOP (5,20€). Nos pratos principais pode experimentar o il nostro brodo di lavagante com tortellonis nero de camarão (15,80€) ou o ossobuco alla milanesa com gnocchis al burro (18,30€). Remate com a pera al limoncello com ricota, mel e favo de caramelo (5,40€) ou o tiramisù com creme de pistácio (5,80€). 

Mais Itália no Porto

  • Restaurantes
  • Italiano

Já comeu bem hoje? A lista de bons restaurantes nesta cidade é muito vasta, mas isso já todos nós sabemos. Entre os melhores restaurantes, há bons italianos que não deve deixar de experimentarSe não resiste a uma refeição que inclua massa, pizza, queijo e tomate, mamma mia, então atente à informação que se segue aqui em baixo. Estes são os melhores restaurantes italianos no Porto. Conte com risotos, pizzas, lasanhas, pratos de carbonara, panna cottas e muito mais. Bom apetite.

Recomendado: Os melhores restaurantes do mundo no Porto

 

  • Restaurantes
  • Pizza

Quem é que resiste a uma pizza feita com bons ingredientes e acabada de sair do forno, ainda a fumegar? Ninguém, lá está. Com mozarela, molho de tomate e manjericão; regada com azeite de trufas; de massa fina e estaladiça; ou de bordas grossas, bem ao estilo napolitano, nesta lista com as 15 melhores pizzas no Porto há versões capazes de agradar todas as bocas. Junte os amigos e a família (as crianças não resistem a esta especialidade italiana) ou sente-se sozinho, e sem culpas, à mesa de um destes restaurantes.

Recomendado: Os melhores restaurantes italianos no Porto

 

Publicidade
  • Restaurantes

Quando pensamos em queijo mozzarella ou em burrata, é impossivel não sermos imediatamente transportados para a costa italiana, com o mar à frente, casas coloridas atrás e um prato guarnecido com azeite e manjericão mesmo debaixo do nariz. Não o vamos levar até lá, mas quase. Aqui tem três sítios para comer burrata no Porto, uma especialidade italiana que é una meraviglia!

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade