Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Três sítios para comer Black Angus no Porto

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme sempre antes de sair de casa.

Restaurante, Terminal 4450, Steakhouse, Black Angus
©João Saramago Black Angus do Terminal 4450

Três sítios para comer Black Angus no Porto

Se é um carnívoro assumido, conheça três sítios para comer Black Angus no Porto

Por Patrícia Santos
Publicidade

A raça Aberdeen-Angus, originária da Escócia (mas que actualmente já é produzida em quase todo o mundo, com destaque para países como os EUA, o Brasil e a Argentina) dá origem a uma carne que se caracteriza pela uniforme distribuição de gordura no tecido muscular, importante no momento da preparação, em que a acção do calor faz com que a gordura derreta e se impregne na parte magra, tornando-a tenra. Este aspecto também ajuda a fazer com que a carne fique mais atractiva, pela sua textura fina, regular e macia. Se está entre os apreciadores desta carne, tome nota destes três sítios para comer Black Angus no Porto.

Recomendado: Os melhores restaurantes de carne no Porto

Três sítios para comer Black Angus no Porto

MUU - Steakhouse
MUU - Steakhouse
© João Saramago

1. MUU

4 /5 estrelas
Restaurantes Steakhouse Galerias

Neste restaurante, que abriu em 2017 depois de umas obras profundas pensadas por Telmo Melo, Miguel Rizzo (donos d'Ö Tascö, na porta ao lado) e Sofia Seabra, os sócios do MUU, a carta gira em torno da carne. Como não podia deixar de ser, esta inclui Black Angus (sem maturação). São 500 gramas de carne, grelhadas só com uma pitada de sal, que lhe chegam à mesa com o acompanhamento que preferir. Batata rosti, batata frita, legumes no forno e esparregado estão entre as opções à sua disposição.

Preço: 46€/duas pessoas.

Nogueira's Porto
Nogueira's Porto
© Marco Duarte

2. Nogueira's Porto

4 /5 estrelas
Restaurantes Steakhouse Galerias

Aqui, o Black Angus New York steak de 300g deve ser sempre considerado na hora de escolher. Ricardo Capitão, crítico da Time Out, definiu-o como "uma obra de arte". "Temperado apenas com sal e pimenta, com uma grossa tira de gordura no rebordo que, por ter estado em contacto com a grelha, derreteu e fez com que os seus sucos se entranhassem pelos veios da carne, tornando-a tenra, como se a faca deslizasse por entre manteiga, e saborosa, ganhando destaque entre os melhores bifes que já comi na vida", disse.

Preço: 25€/uma pessoa.

Publicidade
Restaurante, Terminal 4450, Steakhouse
Restaurante, Terminal 4450, Steakhouse
© João Saramago

3. Terminal 4450

4 /5 estrelas
Restaurantes Steakhouse Leça da Palmeira

Neste espaço de Ricardo Rodrigues vai encontrar um naco de carne Black Angus, servido com três acompanhamentos à escolha, que se caracteriza pela suavidade no corte e se derrete na boca. A carne bem tostada na grelha por fora e mal passada por dentro, é para temperar com flor de sal a gosto quando chega à mesa. 

Preço: 43€/duas pessoas.

Mais carne

Carpaccio de lombo de veado
© João Saramago

Três sítios para comer carne de caça no Porto

Restaurantes

Os apreciadores de carne de caça não precisam de sair da Invicta para encontrarem bons pratos, já que alguns restaurantes na cidade têm várias opções nos seus menus, capazes de satisfazer muitas barrigas. Se não sabe onde os encontrar, leia este artigo até ao fim com três sítios para comer carne de caça no Porto. Javali, veado, perdiz, pombo e codorniz são apenas alguns dos exemplos nas cartas destes afamados restaurantes portuenses. Se ainda não os conhece, aqui tem vários motivos para lhes fazer uma visita. Bom apetite.

Restaurante, Terminal 4450, Steakhouse, Black Angus
© João Saramago

Três sítios para comer Black Angus no Porto

Restaurantes

A raça Aberdeen-Angus, originária da Escócia (mas que actualmente já é produzida em quase todo o mundo, com destaque para países como os EUA, o Brasil e a Argentina) dá origem a uma carne que se caracteriza pela uniforme distribuição de gordura no tecido muscular, importante no momento da preparação, em que a acção do calor faz com que a gordura derreta e se impregne na parte magra, tornando-a tenra. Este aspecto também ajuda a fazer com que a carne fique mais atractiva, pela sua textura fina, regular e macia. Se está entre os apreciadores desta carne, tome nota destes três sítios para comer Black Angus no Porto.

Publicidade
Restaurante, Puro 4050, Cozinha Italiana, Ossubuco de Waygu
© João Saramago

Três sítios para comer ossobuco no Porto

Restaurantes Restaurantes

Há pratos que sabem melhor com a chegada do tempo frio. E o ossobuco, um prato típico da gastronomia italiana, com a carne estufada lentamente, é um deles. Servido com massa ou com puré, é a verdadeira comida de conforto, que cai que nem ginjas com um copo de vinho tinto. Se está a gostar de tudo o que está a ler e já está a ficar com água na boca, tome nota de três sítios para comer ossobuco no Porto. Depois, marque uma mesa e festeje a chegada dos meses de Outono e Inverno.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade