A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
L de Luz
©DRA L de Luz tem candeeiros de várias épocas

As melhores lojas na Baixa do Porto

Fazer compras nas melhores lojas na Baixa é uma espécie de 2 em 1. Além de dar imenso jeito, o passeio é bonito.

Escrito por
Mariana Morais Pinheiro
e
Margarida Ribeiro
Publicidade

Porque não juntar o útil ao agradável? Faça as suas compras enquanto dá um bonito passeio pela Invicta. Fizemos-lhe uma lista com as melhores lojas na Baixa, para que possa ir directo onde pretende, sem ter de andar às voltas. Iluminação, criações de autores portugueses, decoração, roupa, sapatos e até peças em cerâmica vão ser algumas das sugestões que por aqui vai encontrar. Mas, se estiver à procura de peças com muita personalidade e história, também lhe apontamos o caminho – ora dê uma vista de olhos na lista de melhores lojas vintage e de antiguidades da cidade. 

Recomendado: As melhores lojas de decoração no Porto

As melhores lojas na Baixa

  • Arte
  • Galerias
  • Cedofeita

Loja e galeria essencial no roteiro de ilustração portuense, serve de rampa de lançamento e espaço de maturação para jovens artistas, locais e internacionais. Além das obras originais, tem prints, livros, t-shirts e tote bags, entre outros produtos. Mariana A Miserável, Ana Seixas, David Penela, Angela Dalinger, Maria Imaginário e Tina Siuda são alguns dos ilustradores que dão cor, humor, fantasias e histórias às paredes. 

  • Compras
  • Cedofeita

Tem uma das portas mais coloridas da Baixa, o convite perfeito para entrar numa loja onde tudo o que é local, feito à mão e sustentável ganha protagonismo. Plantas, roupa, acessórios e decoração também fazem parte do recheio. Também tem uma bela loja online onde pode explorar o catálogo completo. 

Publicidade
  • Compras
  • Porto

Com dois andares recheados de objectos de decoração, mobiliário, estacionário e livros, esta LOJA, é assim mesmo que se chama, aposta as fichas todas no design. Segundo Susana Beirão, a responsável pelo espaço, as bases do conceito são o minimalismo e a sustentabilidade. Isto significa que aqui vai encontrar produtos com linhas simples, alguns deles únicos e em segunda mão.

  • Compras
  • Lojas vintage
  • Baixa

A Mon Père é uma espécie de Camden Town em ponto pequeno. Entre camisas coloridas, camisolões, bijuteria, casacos, kispos, turbantes, saias, óculos e até fatos de banho (não se admire se tiver vontade de comprar um fora de época), é demasiado fácil perder-se de amores com várias peças. Mariana Araújo, a responsável pela loja  e pela sua irmã, a Mon Père Outlet  vende (a preços bem simpáticos) aquilo que compra em feiras, a fornecedores de todos os cantos do mundo e em viagens.  

Publicidade
  • Compras
  • Cedofeita

A scar-id é uma loja independente, com sede na Rua do Rosário – mas também com uma loja online recheada – que vende peças de designers portugueses de várias áreas, como vestuário, joalharia e ainda decoração e mobília, de marcas e criadores como Alexandra Moura, a DAM, a Galula, Carla Pontes, Darkside e ATER (marca própria da loja).

  • Compras
  • Joalharia
  • Baixa

Já que passa a maior parte do seu tempo nas traseiras do ateliê, Dalila Gomes decidiu adoptar uma regra simples para o seu espaço: só recebe os clientes mediante marcação. Dalila cria peças únicas e personalizáveis e aposta, sobretudo, na geometria e na ilusão óptica. Agora também é possível encomendar as peças que mais gosta no Facebook ou por email. 

Publicidade
  • Compras
  • Decoração
  • Cedofeita

A L de Luz é o sítio a visitar quando se quer um candeeiro de época, sendo certo que por lá vai encontrar peças únicas. Tem um pouco de tudo, desde os tempos do petróleo às décadas mais recentes, embora a oferta comece a escassear a partir dos anos 80, por não haver ainda distanciamento temporal suficiente. Mas vale muito a pena.

  • Compras
  • Galerias

Quem sobe a Rua do Almada, depara-se de imediato com esta bonita concept store que reúne marcas nacionais e internacionais. Lá dentro, há de tudo um pouco. Desde camisas de homem, a botas em pele, peças de joalharia, roupas, mantas, calçado, mochilas e cerâmicas. Vale a pena uma visita.

Publicidade
  • Compras
  • Joalharia
  • Cedofeita

O espaço de Liliana Guerreiro, na Baixa, é uma loja e ateliê, para vender e para criar. A designer vianense desconstrói a técnica da filigrana e produz jóias contemporâneas de linhas delicadas e elegantes. À venda vai encontrar colecções como a Sons, a Malha e a Cores. Esta última foi a primeira colecção que lançou, há já 15 anos, e que tem hoje 30 cores e permite 56 mil combinações diferentes, em anéis, alfinetes, colares e brincos.

  • Compras
  • Galerias

Instalada numa antiga loja de ferragens, a Almada 13 é um espaço que alberga tudo e mais alguma coisa, desde prints, tote bags, canecas e postais, ao estacionário e livros, passando pela cerâmica. Esta loja é uma versão alternativa de uma department store e dedica-se à curadoria de projectos contemporâneos de arts & crafts. Os responsáveis pela sua existência são a Águas Furtadas e a We - Rota do Chá

Publicidade
  • Compras
  • Flores

Da próxima vez que passar pela Rua Mouzinho da Silveira dê um salto à loja Burel Mountain Originals: é capaz de ficar surpreendido com a quantidade de possibilidades em burel que existem dentro daquelas quatro paredes. O burel é um tecido artesanal português, feito em lã e originário da Serra da Estrela. Neste material impermeável e versátil é possível confeccionar almofadas, tapetes, pufes, roupa, calçado e acessórios. 

  • Compras
  • Estilo de vida
  • Taipas

The Feeting Room é um projecto colaborativo que se instalou no Largo dos Lóios e reúne marcas, designers e artistas plásticos. Apostam em marcas independentes, nacionais e internacionais, que produzem acessórios de moda, joalharia e peças de roupa. O catálogo é composto por marcas como Maria Maleta, Sanjo, Nobrand, Latitid, Rust and May e Sopro Jewellery. Quando se cansar de andar às compras, dê um salto ao The Coffee Room, que serve café artesanal e boas sobremesas dentro desta concept store.

Mais lojas onde gastar o seu dinheiro

  • Compras
  • Floristas

Quer se viva num apartamento, no meio da cidade, ou numa casa, com um grande jardim, uma planta nova dá sempre mais luz e vida a qualquer espaço. Então, se estiver a precisar de cor em casa, vá fazer compras nestas lojas que vendem plantas no Porto. Se acha que não consegue manter uma planta viva, compre uma suculenta ou um cacto. Fazem-lhe companhia durante muito tempo e exigem pouco de si. Antes de se comprometer com uma planta, leia a nossa lista das melhores plantas para ter em casa. Mas se a sua ideia for criar uma horta em casa, a leitura recomendada é o bê-á-bá da agricultura urbana.

Recomendado: Nove floristas do Porto que entregam flores em casa

  • Compras

Mesmo no meio de uma tempestade, surgiram novidades no Porto. Reunimos as melhores lojas que abriram nos últimos meses, para que não perca o fio à meada na hora de renovar a artilharia lá de casa. Há lojas que dão nova vida ao comércio local e outras que vão buscar inspiração ao outro lado do mundo ou a outras épocas. Mesmo para aqueles que se preocupam com a sustentabilidade, há sítios à espera de visita. As lojas abriram e nós registámos. Agora é só abrir os cordões à bolsa e decidir que caminho vai tomar.

Recomendado: As melhores lojas no Porto

Publicidade
  • Compras

Há quem considere o acto de fazer compras muito terapêutico. A pensar em todos os shopaholics que não querem (nem podem) sair do conforto da sua casa, fizemos esta lista com as lojas online do Porto e arredores que tem de conhecer. Desde joalharia, sapatilhas, óculos de sol ou champôs sólidos, não lhe vai faltar nada. Assim, não precisa de recorrer às marcas de fast fashion e vai conseguir apoiar pequenos negócios portugueses. 

Enquanto está em casa, também pode aproveitar para encomendar comida e para ver uma das melhores séries de comédia

Recomendado: Os melhores sabonetes do Porto

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade