Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right As melhores lojas de antiguidades no Porto

As melhores lojas de antiguidades no Porto

Anda à procura daquele candeeiro que vai dar um je ne sais quoi à sua sala de estar? Chegou ao sítio certo. Estas são as melhores lojas de antiguidades no Porto

Por Editores da Time Out Porto |
Publicidade
O Sotão da Tia Becas
©Marco Duarte O Sotão da Tia Becas tem peças raras

Há coisas que ficam bem melhores assim que os anos começam a passar por elas, como o Vinho do Porto, por exemplo. Mas copos à parte, e porque a nostalgia e o saudosismo dos tempos idos está na moda, fizemos-lhe uma lista com as melhores lojas de antiguidades no Porto, porque é impossível resistir ao charme da velhice de algumas peças que aqui se vendem. O que não falta é variedade nestas lojas onde vai encontrar peças de outros tempos, desde material fotográfico a placas toponímicas da Invicta. Caso esteja à procura de móveis com história e renovados também pode visitar as lojas de upcycling no Porto

Recomandado: As melhores lojas vintage no Porto

As melhores lojas de antiguidades no Porto

Do Arco da Belha
© João Saramago
Compras, Antiguidades

Do Arco da Belha

icon-location-pin Bonfim

Nesta loja, que se mudou recentemente para o Bonfim, encontra malas, livros e peças de cerâmica, aparadores, sofás e mobiliário, sendo que os preços podem começar nos 0,50€ e ir até aos 600€. Se não estiver com vontade de fazer compras, esta loja tem um outro atractivo: um bar, onde pode beber um copo e petiscar.

O Sotão da Tia Becas - Cavalo
©Marco Duarte
Compras, Antiguidades

O Sótão da Tia Becas

icon-location-pin Baixa

Paulo Machado é um dos coleccionadores mais conhecidos cá do burgo e está ligado a uma das lojas mais concorridas neste departamento, O Sótão da Tia Becas, um negócio de família. O recheio vai do século XIX à década de 1950, e inclui livros, placas toponímicas do Porto antigo, relógios, máquinas de escrever, brinquedos, postais, todo o tipo de papelada, ou garrafas, onde podemos encontrar algumas da Invicta Refrigerantes, marca da Companhia União Fabril, a antiga Unicer.

Publicidade
Desocupado
©Marco Duarte
Compras, Antiguidades

Desocupado

icon-location-pin Porto

A Rua da Torrinha é uma espécie de minibairro de antiguidades e velharias. Este tipo de lojas existe porta sim porta não, e o protagonismo vai todo para o mobiliário. Uma das paragens obrigatórias é a Desocupado, de João Madureira, decorador portuense e um dos maiores especialistas nesta matéria. Os candeeiros industriais e as cadeiras chamam logo a atenção a quem entra na loja, que atravessa os anos 30, 40, 50, 60 e 70. 

PassadoPresente
©Marco Duarte
Compras, Lojas vintage

Passadopresente

icon-location-pin Baixa

António Pinheiro Torres, o proprietário, não gosta de lhe chamar “loja de antiguidades”, mas sim “loja de nostalgia”, onde vende objectos de estimação. Livros invulgares, cartazes publicitários, brinquedos, discos de vinil e óculos que já foram modernaços são alguns dos objectos que vai encontrar. O ideal é ir com tempo e deixar-se impressionar

Publicidade
Sports & World Vintage - Caixa Registradora
©Marco Duarte
Compras, Antiguidades

Sports & World Vintage

icon-location-pin Baixa

Ao contrário do que muito boa gente pensa, este negócio não é só para quem já tem cabelos brancos. André Costa, 30 anos, é o responsável da Sports & World Vintage e começou no coleccionismo aos 15. “Depois conheci o Paulo Machado [dono da loja O Sótão da Tia Becas] e foi ele que me meteu nisto mais a sério”, conta. André tem objectos que vão do período paleolítico (como fragmentos de olaria) até aos anos 1980, dos 0,50€ aos 1500€. Exemplos: relógios, postais, artigos de publicidade, loiças (incluindo peças da Vista Alegre de 1800), um santo do século XVIII (1500€), brinquedos em miniatura, mobiliário. 

Máquinas de Outros Tempos
©Marco Duarte
Compras, Antiguidades

Máquinas de Outros Tempos

icon-location-pin Baixa

Também há lojas de antiguidades especializadas num tipo de artigo, e que fazem várias pontes com o presente. É o caso da Máquinas de Outros Tempos, de Pedro Viterbo, que integra também um laboratório de fotografia. Aqui há máquinas fotográficas desde 1800 aos anos zero, dos 5€ aos 20 mil euros, com destaque para as décadas de 1970 e 1980. “São as castas melhores. Têm muito boas objectivas e uma boa mecânica”, explica Pedro, que é também dono da Lomography Embassy Store do Porto e o distribuidor da Lomografia no país.

Publicidade
Collectus
©Marco Duarte
Compras, Antiguidades

Collectus

icon-location-pin Cedofeita

Muitas vezes a família tem um papel importante nesta história do coleccionismo. É o caso da Collectus, na Travessa de Cedofeita, dirigida pelas irmãs Luciane, Inês e Íris, cujo pai, Arlindo Pereira, tem outra loja na Rua de Cedofeita, a Filatelia e Numismática Líris, especializada em selos e moedas. “Desde pequenas que vivemos neste mundo”, conta Íris. A Collectus é mais abrangente do que a loja do pai. Aqui há cartazes, fósforos, brinquedos, discos de vinil, moedas, selos, caricaturas de políticos e raridades como cadernetas originais de cromos de animais dos anos 60. 

Sítio do Cano Amarelo
©João Saramago
Compras

Sítio do Cano Amarelo

icon-location-pin Bonfim

Nuno Rodrigues era engenheiro informático e tinha a fotografia como hobby. Em 2017 inverteu os papéis e deixou a engenharia para se dedicar a tempo inteiro ao Sítio do Cano Amarelo. “Ganho menos, mas sou mais feliz”, brinca. Na loja vende, compra e troca todo o tipo de material fotográfico, desde máquinas a objectivas e acessórios. Além dos bonitos exemplares vintage que preenchem a loja, o conhecimento que Nuno transmite aos clientes é um dos pontos fortes deste espaço.

Outras lojas que tem de conhecer no Porto

Coração de Alecrim
© João Saramago
Compras

As 14 melhores lojas no Porto

OH VAI-ME À LOJA! Atenção: ninguém o quer insultar, apenas sugerir que conheça a fundo as melhores lojas no Porto. É que numa cidade como esta, tão ecléctica, há lojas para todos os gostos, idades e carteiras. Há espaços onde pode recordar algumas das marcas mais históricas da cidade, como também há outras mais modernas com peças de artistas conhecidos da nossa praça. Por aqui vai encontrar desde decoração para a casa, vestuário (vintage ou não), calçado, joalharia, cosmética e até bicicletas. E como a vida precisa de banda sonora, também há lojas para aqueles fãs de música que acham que o som do vinil é o mais incrível.

Banema Studio
© Marco Duarte
Compras, Decoração

As 12 melhores lojas de decoração no Porto

Decorar a casa não precisa de ser uma dor de cabeça, só tem de encontrar a loja certa. Pegue nesta lista com as 12 melhores lojas de decoração no Porto e comece já à procura daquele candeeiro de abajur com o qual sempre sonhou, do aparador vintage que iria ficar tão bem na sua sala de estar, ou de uma mesa de apoio mais moderna. Se quiser pequenos elementos decorativos para dar mais vida às divisões lá de casa, como velas, almofadas ou molduras, por aqui também vai encontrar muita coisa. Para todos os gostos e para todos os bolsos.

Publicidade
L de Luz
©DR
Compras, Decoração

Sete lojas de decoração e design de interiores no quarteirão das artes

Quer fazer umas mudanças lá em casa e não sabe por onde começar? O melhor é começar já a recolher ideias e não há nada melhor do que fazer uma visita a uma destas sete lojas de decoração e design de interiores no quarteirão das artes, o grande epicentro das artes na cidade. Fazemos-lhe a visita guiada. Há lojas para qualquer necessidade, quer esteja há procura de candeeiros ou de loiças para wc e cozinha. Se tiver mais preguiça também pode visitar um dos gabinetes de design de interiores e pedir que façam o trabalho todo por si. Algumas das lojas ficam na Rua Miguel Bombarda ou na Rua do Rosário.

Publicidade