A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
eugenio campos
©Marco DuarteA Eugénio Campos fica na Rua das Flores

As melhores joalharias e ourivesarias no Porto e arredores

Deixe-se ofuscar pelo brilho das jóias e conheça as melhores joalharias e ourivesarias no Porto e arredores, onde pode fazer as suas compras online.

Escrito por
Margarida Ribeiro
Publicidade

A Invicta é especialista em muitas áreas, mas há uma que ao longo do tempo tem vindo a crescer: a joalharia. Por isso, damos-lhe a conhecer as melhores joalharias e ourivesarias no Porto e arredores. Algumas são lojas centenárias, umas só existem online e há ainda outras que nasceram há pouco tempo. O que não faltam são brincos, anéis e colares em prata, ouro e até com pedras preciosas. Há jóias para todos os gostos e carteiras, o mais difícil é escolher quais é que vai juntar à sua colecção. Sabe o que é que vai bem com uma jóia? Um ramo de flores ou uma caixa de chocolates

Recomendado: 15 lojas online do Porto que tem de conhecer

As melhores joalharias e ourivesarias no Porto e arredores:

Wonther
© Maria Cunha

Wonther

A Wonther nasceu focada na igualdade de género e na sustentabilidade, duas grandes bandeiras na vida da sua fundadora, Olga Kassian, nascida na Ucrânia e criada, a partir dos quatro anos, em Portugal. Para a produção das suas jóias, Olga optou por utilizar ouro e prata reciclados e de origem ética. As embalagens são feitas de cartão reciclado e burel. E a marca tem um certificado do Responsible Jewellery Council, ou seja, utiliza materiais de origens que respeitam determinados parâmetros, como o dos direitos dos trabalhadores ou o do impacto ambiental. As jóias estão à venda online e há cinco colecções disponíveis. Os preços podem ir dos 35€ aos 238€.

  • Compras
  • Joalharia
  • Flores

A mais recente inquilina da Rua das Flores é a Elements – Contemporary Jewellery que, dez anos depois de inaugurar a primeira loja na Galeria Península, na Boavista, abriu esta, num edifício que já funcionava como ourivesaria desde 1920. A Elements aposta na joalharia contemporânea e, tanto nas lojas físicas, como na online, vai encontrar peças de joalheiros como o brasileiro António Bernardo, a marca alemã Nissim, a Meister, uma marca suíça de joalharia de luxo de noivado e ainda a marca própria da casa, a Dos Santos, com peças pensadas e produzidas em Portugal.

Publicidade
Sopro Jewellery
© DR

Sopro Jewellery

Inspirada na natureza, Andreia Quelhas Lima criou a Sopro Jewellery, uma referência à mítica música dos Clã, "O Sopro do Coração". A prata banhada a ouro é a matéria-prima dos brincos, dos colares, dos anéis e das pulseiras. Todas as peças são feitas entre o ateliê da marca, no Porto, e uma empresa de Guimarães. Os artigos que têm texturas são gravados, também à mão, por um artista que colabora com a marca. As jóias estão à venda na loja online e nas lojas The Feeting Room

  • Compras
  • Joalharia
  • Cedofeita

O espaço de Liliana Guerreiro, na Baixa, é uma loja e ateliê, para vender e para criar. A designer vianense desconstrói a técnica da filigrana e produz jóias contemporâneas de linhas delicadas e elegantes. À venda vai encontrar colecções como a Sons, a Malha e a Cores. Esta última foi a primeira colecção que lançou, há já 15 anos, e que tem hoje 30 cores e permite 56 mil combinações diferentes, em anéis, alfinetes, colares e brincos. 

Publicidade
  • Compras
  • Joalharia
  • Cedofeita

A ourivesaria foi, durante muitos anos, uma área dominada por homens. Os tempos mudaram e hoje há cada vez mais mulheres a trabalhá-la. A Collectiva, um projecto que tem como objectivo promover a joalharia portuguesa de autor no feminino, é um bom exemplo. Ana Bragança, Marta Pinto Ribeiro, Joana Santos, Susana Teixeira e Lia Gonçalves são as cinco mulheres que estão ao leme desta loja/galeria. Cada uma com o seu próprio estilo. No espaço que partilham no Centro Comercial Bombarda, além de venderem as suas jóias, também recebem as criações de outras artistas convidadas.

  • Compras
  • Joalharia
  • Baixa

Já que passa a maior parte do seu tempo nas traseiras do ateliê, Dalila Gomes decidiu adoptar uma regra simples para o seu espaço: só recebe os clientes mediante marcação. Dalila cria peças únicas e personalizáveis e aposta, sobretudo, na geometria e na ilusão óptica. Agora também é possível encomendar as peças que mais gosta no Facebook ou por email – é só consultar o catálogo

Publicidade
Mel Jewel
© DR

Mel Jewel

Mel Jewel é uma marca que aposta em peças produzidas manualmente, uma a uma, utilizando várias técnicas ancestrais de fabrico de jóias. O desenho e os protótipos são elaborados na oficina da empresa, mas a produção é feita por artesãos de Gondomar. O ouro e a prata são os materiais de eleição e cada colecção assume o nome de uma mulher que influenciou as suas criadoras.

  • Compras
  • Bonfim

É uma ourivesaria portuense com mais de 100 anos de história e que já vai na sexta geração. A marca, especializada em arte sacra e prata decorativa, tem dois espaços no Porto, um no Hotel Intercontinental, e outro na zona do Bonfim. É neste espaço que funciona a oficina e, na parte da frente, uma pequena loja. Aqui também trabalham peças de joalharia mais pequenas, como brincos, colares e anéis. Também tem presença no mundo virtual com uma loja online

Publicidade
  • Compras
  • Baixa

Apesar de já contar mais de 30 primaveras, a marca Eugénio Campos só abriu a sua primeira loja de rua em 2017, em plena Rua das Flores, uma das artérias mais movimentadas da cidade. A marca de Vila Nova de Gaia aposta, desde sempre, em peças de joalharia fina e delicada, com diamantes e ouro de 19 quilates. Pela loja vai encontrar várias peças e colecções, todas personalizáveis. Também é possível fazer as suas compras online

  • Compras
  • Joalharia
  • Baixa

A trabalhar em joalharia desde 2009, Joana Mieiro é responsável por duas marcas. A primeira é a Mimata, uma marca de jóias de luxo, composta sobretudo por colares, brincos, anéis e alfinetes em ouro e com pedras preciosas e semipreciosas. A segunda é mais recente e surgiu a pedido de muitos dos seus clientes, que queriam comprar jóias a um preço mais acessível. Assim nasceu a MMUTT, onde a designer utiliza materiais como borracha, cobre, latão e prata para criar peças maiores e com mais impacto.

Publicidade
  • Compras
  • Joalharia
  • Baixa

As portas desta loja abriram em 1970 pelas mãos de Luiz Ferreira, que nasceu numa família de ourives. Ficou conhecido pelas pratas, pelas jóias e pelos célebres animais que entraram pela porta da frente de lojas como a Dior, Cartier e Chanel, e acabaram a ser copiados um pouco por todo o mundo. Hoje, a empresa continua na família e a apostar na tradição. Pode acompanhar as novidades no Instagram e até encomendar artigos por lá. 

  • Compras
  • Joalharia
  • Cedofeita

O Tincal Lab é um misto de local de trabalho e de exposição dedicado à joalharia contemporânea. O espaço funciona como um cowork com quatro mesas de trabalho. Uma para Ana Pina e as restantes para quem as quiser ocupar pontual ou mensalmente. Além do trabalho destas joalheiras, no Tincal Lab também vai encontrar peças de outros autores e, em tempos normais, pode ainda participar em workshops pontuais dados por joalheiros convidados. Também pode ficar a conhecer melhor esta loja/ateliê online.

Publicidade
  • Compras
  • Joalharia
  • Santa Catarina

Apesar de não estar nesta morada desde o início, a Machado Joalheiro conta já com mais de cem anos de vida. Por aqui vai encontrar várias marcas de relojoaria e joalharia internacionais, como a Cartier, a Chaumet, a Hublot, entre muitas outras. Além disto, também estão disponíveis as colecções da marca. Nesta loja vendem sobretudo anéis de noivado, alianças, pratas e filigrana. Há ainda uma segunda loja na zona da Boavista, outra em Lisboa e estão presentes online

Mais lojas:

  • Compras
  • Decoração

Agora que passamos cada vez mais tempo fechados entre as quatro paredes de nossa casa, é importante que o ambiente que nos rodeia nos deixe felizes. Também é normal que se comece a fartar de tudo o que tem, mas nós arranjámos uma solução para renovar o seu lar, sem sair do sofá. Descubra nesta lista as dez lojas online de decoração e mobiliário do Porto e arredores que tem de conhecer. Enquanto passeia pela Internet, também pode encomendar o jantar num dos restaurantes do Porto com entregas ao domicílio e escolher uma garrafa de vinho para acompanhar

Recomendado: 15 lojas online do Porto que tem de conhecer

  • Compras
  • Lojas de segunda mão

Arranjámos a solução perfeita para todos os amantes de peças com história que agora não podem sair de casa. Estas lojas vintage vendem online e têm catálogos recheados de roupa, calçado e acessórios, de diferentes estilos e épocas, desde os anos 1920 aos 90. O difícil é escolher em quais gastar o seu dinheiro. 

Muitas pessoas fazem compras nas lojas em segunda mão para diminuir a pegada ecológica. Se for o seu caso, aproveite e fique também a conhecer marcas sustentáveis e os projectos e movimentos no Porto que ajudam o planeta

Recomendado: 13 lojas online do Porto que tem de conhecer

Publicidade
  • Compras
  • Livrarias

O Porto é um paraíso para os amantes de livros. Nesta altura, em que passamos mais tempo enclausurados, os livros são uma boa companhia. Com um bom livro, é mais fácil escapar à realidade que agora que nos prende entre quatro paredes. O prazer de ler – de desaparecer e de mergulhar num mundo melhor – é uma solidão bem acompanhada. Fique em casa, mas não fique sem livros. Apoie as livrarias independentes do Porto. Siga esta lista para saber onde pode continuar a encomendar as suas leituras.

Recomendado: As melhores livrarias no Porto

 

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade