A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Casa de Chá da Boa Nova
© DRCasa de Chá da Boa Nova, em Leça da Palmeira

Os melhores restaurantes de peixe e marisco no distrito do Porto

Sente-se à mesa dos melhores restaurantes de peixe e marisco no distrito do Porto e faça uma refeição com sabor a mar.

Escrito por
Teresa Castro Viana
e
Margarida Ribeiro
Publicidade

Do peixe grelhado ao peixe ao sal, passando pelo arroz de marisco ou pelo marisco cozido, nestes restaurantes há alternativas para todos os gostos. Dos espaços clássicos, onde é sempre bom voltar, aos restaurantes mais modernos, onde fazem brilhar os produtos do mar com recurso a novas técnicas e empratamentos, aqui não falta nada. Seja para um jantar romântico, quase em cima das rochas, ou para uma petiscada com os amigos depois de um valente dia de praia, nesta lista estão reunidas as coordenadas para chegar a bom porto. Bom apetite.

Recomendado: As melhores praias do Douro Litoral

Os melhores restaurantes de peixe e marisco no distrito do Porto:

  • Restaurantes
  • Grande Porto
  • preço 2 de 4

Comer peixe fresco, com vista para a Praia da Aguda, é o que pode fazer se reservar mesa no restaurante Zizi, em Vila Nova de Gaia. Entre as especialidades da casa estão o arroz de robalo com coentros (a partir de 18,50€), os lombos de bacalhau à Zizi (a partir de 18,50€) e o rodovalho com crosta de amêndoa (55€/duas pessoas) – estes dois últimos requerem encomenda prévia. Todos os dias está ainda disponível uma boa variedade de mariscos como mexilhões, amêijoas, camarões, percebes e por aí fora.

  • Restaurantes
  • Frutos do mar
  • Matosinhos
  • preço 1 de 4

É um dos restaurantes mais adorados das ruas matosinhenses e um sítio onde é sempre bom ir, quer pelo atendimento caloroso, quer pelo bom peixe e pratos tradicionais que ali se servem. Da sardinha assada às pataniscas com arroz de feijão, do arroz de polvo com filetes do mesmo à caldeirada de peixe, passando pelo peixe do dia, sempre fresquinho, que pode ser grelhado ou frito, há motivos de sobra para lá ir. Mas há outros bons motivos, como o leite-creme, o preço médio por refeição (20€) e, nesta fase, a possibilidade de reservar mesa.

Publicidade
  • 4/5 estrelas
  • Restaurantes
  • Leça da Palmeira
  • preço 4 de 4

Caso esteja à procura de uma refeição especial, onde o peixe fresco brilhe, a melhor opção é a Casa de Chá da Boa Nova, o restaurante do chef Rui Paula, que já arrecadou duas estrelas Michelin. Num dos menus de degustação (a partir de 100€), o peixe e o marisco são os protagonistas, através de pratos como o salmonete com caju e mandioca, o lagostim e sopa coreana ou a já famosa lula Chanel. Também pode provar os pratos à carta. Recentemente, foram adicionados ao menu dois clássicos para partilhar: a cataplana de peixe e marisco e o arroz caldoso de peixe e lavagante (85€/duas pessoas).

  • Restaurantes
  • Leça da Palmeira

A poucos metros do mar, este pequeno restaurante tem uma carta curta e muito focada no que o oceano oferece. Renovada recentemente, a carta foi pensada e executada pelo chef André Pinto Baptista. Há pratos que vale a pena provar, como o carolino de tomate e nuggets de bacalhau (14,80€) ou o ceviche do mercado (12,30€), com amêijoa, peixe branco, camarão e leite de tigre à Bulhão Pato com sumo de limão. Já no campeonato das sobremesas, o novo prato a provar é o ceviche de Verão (4,50€), uma desconstrução da típica salada de fruta.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Frutos do mar
  • Matosinhos
  • preço 3 de 4

É uma das casas mais famosas de Matosinhos, sempre com matéria-prima de qualidade no balcão. Camarão da costa, lagostins, lagosta e ostras são alguns dos mariscos frescos que pode comer por lá, mas também há pratos imperdíveis. Exemplos? Os carabineiros grelhados com azeite, alho e malagueta, o arroz de marisco ou o camarão tigre com batata palha. Se preferir peixe, atire-se ao rodovalho, ao robalo ou aos filetes de pescada, que também vai bem servido. Existem menus semanais que variam entre os 25 e os 55€. 

  • Restaurantes
  • Restaurantes
  • Grande Porto
  • preço 2 de 4

Instalado numa casinha com paredes de pedra, com vista para a Praia de Angeiras, este é o restaurante ideal para terminar os dias mais quentes de Verão, acompanhado dos amigos. O menu da Casa Guripa dá destaque ao melhor que vem do mar, como os chocos com maionese negra (8€), as amêijoas à bulhão pato (12,50€), paella com tamboril, lulas, gambas e bivalves (38€/duas pessoas), e os cornetos de sapateira (6€).

Publicidade
  • Restaurantes
  • Matosinhos
  • preço 3 de 4

Há sempre sítios onde vale a pena voltar e O Gaveto, uma meca de bom marisco e cozinha tradicional portuguesa, é um deles. Se morre por um arroz de marisco, uma sapateira recheada ou uns filetes de pescada com salada russa, não pense duas vezes. Também há amêijoas, camarão da costa, bom peixe grelhado e umas torradinhas com manteiga logo a abrir que são de lamber os dedos. Tal como o pão-de-ló, que é obrigatório pedir à sobremesa. Consegue comer bem por 30-35€, mas tudo vai depender da sua fome. E sede, pois claro.

  • Restaurantes
  • Restaurantes
  • Ribeira
  • preço 2 de 4

Com três restaurantes espalhados pelo Porto, o grupo Casa Coelho – que inclui a Adega São Nicolau e a Taberna dos Mercadores – é também responsável pelo Terreiro, onde pode provar uma grande variedade de produtos do mar. Escolha a esplanada com vista para a Ribeira e aposte em entradas como as costelinhas de petinga (5,50€) ou a salada de polvo (9,50€). Para prato principal, vá pelo peixe-galo frito com açorda de ovas (19€), maionese de lavagante (28€) ou robalo ao sal (45€/duas pessoas). Há também sempre uma opção de peixe do dia.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Matosinhos
  • preço 2 de 4

Os anos não passam pel’A Marisqueira de Matosinhos. Na verdade passam, mas não se nota. Continua a ser, desde 1978, um dos melhores restaurantes no Porto e arredores para comer marisco fresco e de alta qualidade. Sapateira, percebes, camarão da costa, carabineiros e lavagantes são algumas das variedades que vai encontrar na carta, mas também há peixe fresco e alguns pratos de tacho, como o arroz de lavagante ou a açorda de marisco. O preço de uma refeição é variável, mas consegue comer bem por 35-40€.

  • Restaurantes
  • Frutos do mar
  • Matosinhos
  • preço 2 de 4

Começou por ser um restaurante destinado à “malta trabalhadora”, que ia lá comer marisco e beber uns copos, como explica José Vasconcelos, o dono. Hoje, com quase 60 anos de vida, é um sítio para toda a gente. Há sempre marisco fresco – camarões, búzios, lavagantes e outros, vendidos a peso –, peixe na brasa e um arroz de marisco que é a especialidade lá do burgo. No interior há menos lugares, mas, em contrapartida, a esplanada aumentou, por isso não há desculpas para não ir. Ainda por cima, uma refeição sai, em média, a 20-25€.

Publicidade
  • 4/5 estrelas
  • Restaurantes
  • Japonês
  • Batalha

Com apenas 12 lugares no interior e oito na esplanada, a tasca japonesa do chef Ruy Leão continua a ser um óptimo sítio para comer peixe. Não na vertente tradicional, mas adaptado à identidade oriental, com coisas boas como o tataki de salmão (13€), a cavala marinada (9,50€) e o ceviche Nikkei, um peixe fresco variado com molho cítrico (10€). Além dos petiscos, há sushi e uma ou duas sugestões diárias. Uma delas tem sido o niguiri de sardinha, que continuará nos próximos tempos.

  • Restaurantes
  • Grande Porto

É uma instituição. Um sítio onde se reúnem famílias para almoços e jantares, e amigos para mariscadas e cervejas frescas. Ainda com bastantes lugares no interior e com várias dezenas na esplanada, O Filipe de Angeiras é conhecido pelo peixe grelhado e marisco fresco. Percebes, camarão da costa, sapateira, amêijoas e navalheira são alguns dos que costumam brilhar no balcão, mas tudo depende do que vier nos barcos. Em média, uma refeição ronda os 20€, já com a sandes PO (presunto e ovo) incluída.

Mais mar

  • Coisas para fazer
Corremos o país de norte a sul para lhe trazer as melhores praias de Portugal. De alto a baixo, são 850 quilómetros de areal. Não o corremos todo de uma vez. Fomos correndo. Mas reunimos todos esses quilómetros de areia, sol e sal neste guia pensado para o orientar à beira-mar, de norte a sul de Portugal. Pelo meio, descubra ainda os restaurantes e bares de praia para se pôr à sombra a petiscar e a beber um copo. Recomendado: Novos hotéis de norte a sul de Portugal
  • Coisas para fazer
Areais de perder de vista, bares com bons comes e bebes, muitas ondas e muito vento, claro, um bom aliado para quem pratica windsurf, por exemplo. Agora que o Verão está instalado, fizemos-lhe uma compilação das melhores praias do Minho para que possa aproveitar esta época balnear ao máximo. Damos-lhe sugestões do que ver e fazer nas redondezas, o que comer nos restaurantes e como chegar aos sítios sem dramas ou complicações. Pegue na toalha, no protector solar e nesta lista, e faça-se à estrada. Boas férias. Recomendado: As melhores praias fluviais no Porto e arredores
Publicidade
  • Coisas para fazer
Está calor e quer ir dar um mergulho para refrescar? Nós dizemos-lhe onde estão as melhores praias no Porto e arredores. E como gostamos muito de si, dizemos-lhe ainda qual a distância desde o centro da cidade até lá, bem como algumas curiosidades pelo meio. Tudo para que tenha um belo dia passado na praia, estendido de perna ao sol.
  • Coisas para fazer
As opções são tantas, que escolher o melhor sítio para estender a toalha e tomar uns banhos de sol torna-se uma tarefa difícil. Para lhe simplificar a vida, fizemos esta lista com as melhores praias de Aveiro. Nela dizemos-lhe tudo o que precisa de saber sobre cada uma e temos sugestões para agradar a gregos e troianos. Prefere uma praia situada em plena Reserva Natural com dunas a marcarem presença? Check. Gosta de um areal generoso e boas ondas para surfar? Check também. Da nossa parte, o trabalho está feito. Agora, é consigo.  Recomendado: As melhores praias do Porto e arredores
Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade