A Idade de Ouro do Mobiliário Francês. Da Oficina ao Palácio

Arte
A idade de ouro do mobiliário francês
Jean-Henri Riesener Jean-Henri Riesener. Secretária de cilindro, Paris, 1773

A Time Out diz

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme se os eventos continuam agendados.

Agora retoma e prolongada até Setembro, esta exposição junta peças emblemáticas do Museu Calouste Gulbenkian a outras vindas colecções de instituições internacionais e nacionais para dar destaque a exemplos da Idade de Ouro do Mobiliário francês. Aqui encontra alguns dos móveis mais emblemáticos dessa época, produzidos entre o final do reinado de Luís XIV e a Revolução Francesa, num contexto de estabilidade política e prosperidade económica. Eram destinadas a uma elite que procurava o luxo e o conforto aliados à beleza, ou não fossem eles trabalhados com madeiras exóticas como pau-cetim, ébano e buxo, com detalhes dourados e em mármore. 

Detalhes

Também poderá gostar
    Últimas notícias