A linha que fecha também abre

Arte
A linha que fecha também abre
Julião Sarmento

A Time Out diz

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme se os eventos continuam agendados.

A reabertura do MNAA, em Lisboa, deu-se com a inauguração na Sala do Tecto Pintado da exposição “A Linha que Fecha Também Abre”, onde se confrontam cinco desenhos de Julião Sarmento com oito desenhos italianos do Renascimento, atribuídos a Baccio Bandinelli, Luca Cambiaso, Corregio, Pontormo e Francisco Venegas. A exposição quer abrir caminhos inesperados entre cada um dos elementos em jogo, entre o passado, o presente e o futuro. 

Detalhes

Também poderá gostar
    Últimas notícias