Desenhar, encenar, pintar

Arte
1/2
paula rego
2/2

A Time Out diz

São mais de 60 anos de trabalho expostos na nova exposição da Casa das Histórias Paula Rego. “desenhar, encenar, pintar” reúne desenhos, gravuras, pinturas e criações tridimensionais da artista. Muitas delas são obras inéditas que ficam por lá até Maio de 2020, numa altura em que a Casa das Histórias e a Câmara de Cascais assinaram novo contrato para manter o museu na vila por mais uma década.  A exposição convida o visitante a percorrer o universo artístico de Paula Rego com trabalhos datados entre 1953 e 2019, com alguns desenhos soltos e entre eles está a mais recente obra tridimensional da artista Orgulho/Pride (da série Sete Pecados Mortais), que vai ser exposto pela primeira vez em Portugal. O quadro, em papier mâché com vários materiais e tecidos, representa, em tamanho real, a rainha consorte de França, Marie Antoinette (1755–1793). A obra é uma continuidade do trabalho com criaturas fantásticas, que a artista nos tem vindo a habituar, e de uma série de bonecos em tecido que representavam personagens dos contos populares: A princesinha grávida; O príncipe perfeito; A princesa da ervilha; As três cabeças de oiro ou O gato das botas.

Detalhes

Também poderá gostar