Desenhar, encenar, pintar

Arte
1/2
paula rego
2/2

A Time Out diz

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme se os eventos continuam agendados.

São mais de 60 anos de trabalho expostos na nova exposição da Casa das Histórias Paula Rego. “desenhar, encenar, pintar” reúne desenhos, gravuras, pinturas e criações tridimensionais da artista. Muitas delas são obras inéditas que ficam por lá até Maio de 2020, numa altura em que a Casa das Histórias e a Câmara de Cascais assinaram novo contrato para manter o museu na vila por mais uma década.  A exposição convida o visitante a percorrer o universo artístico de Paula Rego com trabalhos datados entre 1953 e 2019, com alguns desenhos soltos e entre eles está a mais recente obra tridimensional da artista Orgulho/Pride (da série Sete Pecados Mortais), que vai ser exposto pela primeira vez em Portugal. O quadro, em papier mâché com vários materiais e tecidos, representa, em tamanho real, a rainha consorte de França, Marie Antoinette (1755–1793). A obra é uma continuidade do trabalho com criaturas fantásticas, que a artista nos tem vindo a habituar, e de uma série de bonecos em tecido que representavam personagens dos contos populares: A princesinha grávida; O príncipe perfeito; A princesa da ervilha; As três cabeças de oiro ou O gato das botas.

Detalhes

Também poderá gostar
    Últimas notícias