Festa. Fúria. Femina

Arte
Festa. Fúria. Femina
©João Neves / FLAD Sem Título. José Loureiro, 1990.

A Time Out diz

A exposição assinala os 35 anos da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD) e é dada a conhecer pela primeira vez a colecção de arte contemporânea que leva ao maat 228 obras de 61 artistas portugueses de várias gerações. A mostra parte do acervo da FLAD e inclui trabalhos de desenho, pintura, fotografia e escultura, todos eles de diferentes épocas e contextos sociais e históricos, sendo postos agora lado a lado. Os eixos que dão nome à exposição evocam a “dimensão de performatividade nas artes contemporâneas e destacam a sua dimensão feminina, exigindo um renovado olhar sobre a História de Arte”, lê-se na apresentação de “Festa. Fúria. Femina”.

Detalhes

Também poderá gostar