Florestas Submersas

0 Gostar
Guardar

Takashi Amano deixou em Lisboa uma obra de arte submersa. O aquarista assina a exposição temporária do Oceanário, um aquário com 40 metros de comprimento e com mais de 10 mil peixes tropicais de água doce. A vegetação submersa cria a paisagem e é acompanha de uma composição de Rodrigo Leão, feita para ajudar os visitantes a mergulhar na floresta.

Por Mauro Gonçalves

Publicado: