Galeria 111

Arte Campo Grande/Entrecampos/Alvalade
5 /5 estrelas
galeria 111
©DR

É uma verdadeira instituição da cidade, com epicentro no Campo Grande, mais concretamente no número 111. Sim, é verdade que o nome não tem nada que saber, mas quanto à história da casa há tanto para descobrir que poderíamos ficar aqui um dia. A galeria foi fundada em 1964, por Manuel de Brito, cuja colecção pessoal passou por nomes como Amadeo de Souza-Cardoso, José de Almada Negreiros, António Pedro, António Soares, Carlos Botelho, Júlio Resende, Mário Eloy, Francis Smith, Milly Possoz, Marcelino Vespeira, Maria Helena Vieira da Silva, Jorge Vieira, Júlio Pomar, Lourdes Castro, António Costa Pinheiro, Jorge Martins, Nikias Skapinakis, René Bértholo, Ângelo de Sousa, António Palolo, Eduardo Luiz, Eduardo Nery, Luís Noronha da Costa, Artur Varela, António Dacosta, Ascânio MMM, Eduardo Batarda, José de Guimarães, Menez, Paula Rego, Julião Sarmento e Bartolomeu Cid dos Santos. E repare, o fundador privou com a generalidade dos criadores, assistindo de perto aos processo criativos. Se ainda tem fôlego para ler o resto, aqui vamos. Ao longo das décadas o programa expositivo da 111 tem sido pautado pela apresentação de uma série de artistas nacionais, e também alguns nomes internacionais. A galeria continua a promover o lançamento de publicações e obras gráficas, bem como a colaborar com instituições públicas e privadas na divulgação da arte portuguesa contemporânea.

Publicado:

Nome do local Galeria 111
Contato
Endereço Campo Grande, 113 A
Lisboa
1700-089
Horário Seg-Sex 10.00-19.00
Transporte Metro Cidade Universitária
É o proprietário deste estabelecimento?
Static map showing venue location
LiveReviews|0
1 person listening