Género na arte, corpo, sexualidade, identidade, resistência

Arte
Género na arte, corpo, sexualidade, identidade, resistência
Género na Arte. Corpo, Sexualidade, Identidade e Resistência

Os museus também abrem portas às respostas a questões e dúvidas contemporâneas. Neste caso, discute-se o género. “Género na arte. Corpo, sexualidade, identidade, resistência”, exposição que inaugura esta sexta, traz para o Museu Nacional de Arte Contemporânea (MNAC) a reflexão e o debate sobre a dimensão de género, a partir de obras de arte de artistas como Ana Pérez-Quiroga, João Galrão, Miguel Bonneville ou Thomas Mendonça.

É uma exposição que convida à reflexão sobre a construção do género em situações do quotidiano, que apela a que este se torne num acto de liberdade, diversidade e expressão individual. 

LiveReviews|0
1 person listening