Photo Ark

Arte
photo ark
©Joel Sartore Caimão-Anão

A arca de Noé moderna atracou em Lisboa: está metida dentro de quatro paredes, ocupa um espaço de 500 m2 e tem para mostra mais de uma centena de fotografias de animais em cativeiro, muitos deles em vias de extinção. “Photo Ark”, exposição da National Geographic mais vista em todo o mundo patente agora na Cordoaria Nacional, é a grande exposição do norte-americano Joel Sartore, uma autêntica arca fotográfica. A ideia de Joel, que começou há 13 anos, é muito simples: fotografar as mais de 12 mil espécies em cativeiro – 8400 já estão. O fotógrafo pretende com isto alertar e evitar a extinção de muitos destes animais ameaçados. Nas galerias da Cordoaria vão estar 100 fotografias, o dobro da exposição do Porto. Metade são inéditas e outras 12 foram fotografadas em Portugal. Os animais aparecem em fundos brancos ou negros, quase sempre de olhos fixos na câmara, como se nos estivessem a observar. Mais ou menos como os animais em cativeiro se devem sentir.

LiveReviews|0
1 person listening