Lx Factory

Atracções Alcântara
5 /5 estrelas
(11comentários)
Lxfactory
©DR Lx Factory

Mercados, exposições, lojas, cafés, concertos, festas. Há todo um mundo para descobrir nesta "fábrica" cosmopolita que alterou por completo a paisagem de Alcântara a partir de 2008, quando este complexo saído de 1846 reabriu portas. Aqui pode cortar o cabelo, procurar pranchas de surf ou até dormir. 

Publicado:

Nome do local Lx Factory
Contato
Endereço Rua Rodrigues Faria, 103
Lisboa
1300-501
Transporte BUS 714, 720, 732, 742, 751, 760
É o proprietário deste estabelecimento?
Static map showing venue location

Selecione uma data

até
  • Rock e indie Sábado 17 Novembro 2018

Average User Rating

4.8 / 5

Rating Breakdown

  • 5 star:8
  • 4 star:2
  • 3 star:0
  • 2 star:0
  • 1 star:0
LiveReviews|11
1 person listening
tastemaker
Um espaço alternativo, dinâmico e muito apelativo. Um must see para quem visita a cidade e gosta de street art e conceitos diferente. Vai desde centro empresarial ao sítio com os melhores bolos de chocolate. Tem bares, restaurantes e imensos locais para fotografar.
Tastemakertastemaker

É sem dúvida um dos meus locais favoritos na cidade de Lisboa. Muito trendy e cool. Aqui pode-se encontrar um pouco de tudo. Desde cafés, restaurantes, as mais diversas lojas, espaços de co-work e até um hostel. Tanto para visitar de dia como de noite. E aos domingos tem um mercado de rua fantástico.

tastemaker

O espaço que me levou a visitar Alcântara semanalmente! É sem dúvida um dos meus lugares preferidos da cidade, cheio de cores, luzes, e muita vida. Entendido por uns como um espaço reservado para aqueles que gostam de se auto-intitular de "alternativos", eu vejo o Lx Factory como um lugar de arte, de união de culturas, pensamentos, e pessoas com mentalidade "out of the box". Nunca há um dia parado neste espaço, desde feiras artesanais a exposições. Os pequenos cafés que compõem a sua rua principal têm uma história diferente para contar, e a dificuldade principal é escolher um deles para entrar. Os restaurantes são também uma paragem obrigatória, sobretudo para quem gosta de espaços irreverentes e comida reinventada. E claro, não nos podemos esquecer dos amantes da fotografia: este é o cenário ideal para a vossa próxima sessão fotográfica!

tastemaker

O Lx Factory pode ser considerado um espaço simultaneamente trendy e alternativo, que mistura restaurantes, cafés, lojas, exposições, entre outros. Algumas paredes das antigas fábricas estão decoradas com graffitis e pinturas espetaculares, que lhe conferem um ambiente artístico. Por vezes decorrem eventos, como as feiras de Domingo, que são uma boa ideia para um programa familiar diferente. 

O parque de estacionamento está quase sempre cheio, pelo que se torna difícil encontrar um lugar para o carro.

tastemaker

Desde o arranque do Lx Factory que Alcântara nunca mais foi a mesma. Dentro de uma vila nasceu outra, quase como um mundo à parte escondido por trás das muralhas com tudo por descobrir. Tem vindo a dinamizar a nossa cidade com restaurantes trendy, lojas cool, mercados, exposições, festivais, congressos...Até um hostel já tem e claro as muitas empresas que têm os seus escritórios lá. No Lx há de tudo. Assim que se entra perde-se noção do tempo; ao longo da rua principal que marca o passo, há pequenas descobertas para serem feitas a cada metro. Mas o que para mim sobressai mais, é o facto do Lx Factory mudar por completo a "vida" de muitas empresas e marcas. Entre um espaço de co-work que permite aos novos talentos terem uma zona para partilhar ideias, trabalhar e conviver, às inúmeras lojas/espaços de diferentes tamanhos que podem ser alugados por um preço acessível, o Lx Factory não só é o sitio mais cool para trabalhar, é um sitío que também motiva, incentiva e impulsiona empresas e marcas a crescer. O Lx Factory acaba por ser o HUB creativo de Lisboa onde há uma mistura de música, gastronomia, arte, cultura, exposições, lojas variadas e serviços de todo o gênero. O melhor? É um espaço que muda de dia para a noite. Entre os residentes, fãs do espaço e os turistas o vibe é sempre descontraído. Almoça-se e janta-se com calma em qualquer um dos muitos restaurantes (Café da Fábrica, A Cantina, A Praça, O Tacho, O Sushi, O Burger Factory, A Pizzaria, O Chef Nino, o Novo Therapist (Orgânico) entre outros, e visita-se as lojas e diferentes espaços (Biblioteca Ler Devagar, A Wish, Muito Muito, O Bairro Arte, etc... Durante o dia os Coffee Houses ganham vida (A Wish Slow Cafe, Landeau, O Brigadeiro, Café da Fábrica) que são os spots preferidos dos residentes para reuniões e sessões de brainstorming. À noite a energia é outra e o convívio é muito. A Taberna 1300 é uma referência, o Rio Maravilha veio para dinamizar os sunsets e noites quentes com musica e cocktails com a melhor vista da zona, o Bosq - o night club do Lx Factory - mantém a "chama" acesa ao longo da noite para quem gosta de noitadas... Sim, o Lx Factory é um mundo por si só. Um mundo que vale a pena redescobrir vezes sem conta! E agora com o estacionamento novo (paga-se 2 euros pelo dia todo), já não há aquele stress de estacionar, um grave problema que muitas vezes tornava uma visita ao Lx um inferno.

tastemaker

Este espaço fascinou-me desde a primeira vez que o visitei e só tem vindo a melhorar. Primeiro pela sua história depois pela forma limpa e agradável que tem evoluído. Tem uma das melhores vistas da cidade, a melhor e mais bonita livraria de Lisboa, os bolos do Café da Fábrica que são deliciosos, e uma esplanada que faz lembrar os Santos Populares, com vasinhos a dar as boas vindas. 

É um belo sítio para passar um dia interiro, passear, comer também um dos melhores sushis - ainda que seja fusão - da cidade e o atendimento, em qualquer um destes sítios, é exemplar.  




Continua a ser dos sítios mais fascinantes de Lisboa! Qualquer pessoa pode lá ir e qualquer pessoa é lá bem-vinda. Tem uma oferta incrível: lojas, restauração, espectáculos, feiras. É impossível não tirar partido deste sítio e é impossível não elogiar um espaço que foi tão esquecido. Qualquer que seja a razão, vale sempre a pena passar por lá.


É a única coisa que me tem levado para os lados de Alcântara. Seja para explorar ou assistir a um evento na Ler Devagar, jantar ou beber um copo no Rio Maravilha (agora na companhia de uma espécie de Crista Rainha, by Leonel Moura) ou ir ao Lx Rural aos domingos, mesmo que não precise de vegetais lá para casa. Tudo é uma desculpa para ir à Lx Factory.


Se há zona cool na cidade é esta. Durante a semana fica fora de mão, mas aos sábados e domingos gosto de ver as lojas de decoração (como a June ou a Pura Cal), perder horas na Ler Devagar - a livraria mais bonita da cidade - brunchar no Chef Nino ou no Café da Fábrica, espreitar o mercado biológico e o LX Market e beber um copo ou jantar no Rio Maravilha.  


Um caos para estacionar - sobretudo durante a semana -, mas um daqueles sítios onde vale a pena ir para sentir a onda mais urbana e criativa de Lisboa (por isso nunca levo carro). Gosto muito do Bolo da Marta, da Ler Devagar, do Wish Coffee House, do Rio Maravilha, mas só tenho pena que o Malaca Too tenha perdido alguma qualidade quando foi para lá. Espero, de qualquer maneira, que a velhinha notícia da destruição do complexo nunca avance. 


O sítio perfeito para encontrar de tudo um pouco: lojas de roupa, lojas de decoração, restaurantes, sítios perfeitos para lanchar, feirinhas e uma das melhores vistas de Lisboa. Comecei por frequentar este espaço mais assiduamente por ter descoberto o Bolo da Marta, que na altura só existia no primeiro andar da Livraria Ler Devagar. Mas hoje em dia há o Rio Maravilha, com uma das melhores vistas de Lisboa; o LX Market também é uma óptima desculpa para passar por lá e, agora mais recentemente, o LX Rural, que traz um pouco dos produtos do Oeste à Capital. Qualquer que seja a razão, vale sempre a pena passar por lá, nem que seja para ficar a conhecer marcas inovadoras e lavar a vista com grafitis e arte urbana.