A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

A Time Out desta semana

Por
Joao Pedro Oliveira
Publicidade

Chamam-se clubes, colectividades, grupos, academias, ateneus, associações ou sociedades. Dizem-se recreativas e culturais, desportivas e filarmónicas, excursionistas, de recreio, união, instrução, capricho ou beneficência. São instituições com história, algumas centenárias, que atravessaram épocas e regimes, viveram glórias e sobreviveram a crises, e de caminho ajudaram a construir a cidade que Lisboa é. Mas são sobretudo lugares presentes, pontos de encontro, militância cívica e resistência da vida de bairro. Lugares que cumprem um papel insubstituível na promoção e ensino de artes e desportos, na maioria das vezes por simples devoção à causa e carolice. Maria Ramos Silva e Manuel Manso andaram dias seguidos à sua descoberta. De bairro em bairro, bateram capelinhas e trocaram galhardetes, assistiram a aulas e treinos, perderam-se entre mesas de matrecos e imperiais a 70 cêntimos, demoraram-se em conversas e histórias. Regressaram com um guia possível de tudo o que esses lugares têm para lhe oferecer e uma galeria incrível das pessoas que os mantêm vivos. Esta é a nossa homenagem aos clubes de bairro. E um contributo para lhes trazer mais sócios, adeptos e simpatizantes.

Não perca ainda as ofertas Dois por Um desta semana: incluem uma refeição no Aloha Café, uma bolacha da Cookies Bakery, um cachecol do Armazém das Malhas, uma aula no Spot Real - Academia de PArkour e um artigo da Amora Baby & Nature. 

Últimas notícias

    Publicidade