A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

Guia Michelin 2017 – Portugal ganha nove novas estrelas

Por Ricardo Dias Felner
Publicidade

Os restaurantes Alma, do chef Henrique Sá Pessoa, o Loco, de Alexandre Silva, e o LAB by Sergi Arola (Sintra), dirigido pelo chef Milton Anes, são os novos restaurantes da Grande Lisboa a receberem uma estrela Michelin.

Fora de Lisboa, o L'And Vineyards, em Montemor-o-Novo, do chef Miguel Laffan, recuperou a estrela perdida no ano passado; no Porto, o Antiqvvm, de Vítor Matos, e a Casa de Chá da Boa Nova, de Rui Paula, ganharam pela primeira vez o prémio; e também o William, dirigido por Luís Pestana, no Funchal, foi contemplado com uma estrela.

Os galardões do famoso guia vermelho francês foram entregues numa gala que decorreu esta quarta-feira à noite, em Girona. Ao contrário do que se pensava, no entanto, nenhum restaurante lisboeta ganhou a segunda estrela. Esse título foi concedido apenas ao Il Gallo d'Oro, de Benoit Sinthon, no Funchal, e ao The Yeatman, do chef Ricardo Costa, de Vila Nova de Gaia. No total, foram assim distribuídas por restaurantes portugueses nove novas estrelas relativamente ao guia de 2016.

Este número está muito abaixo do que havia sido indicado pela organização. O director de comunicação da Michelin havia dito aos jornalistas, num almoço ocorrido no início do mês, que Portugal duplicaria o número de galardões, considerando-o um resultado "bombástico".
Em 2016, o país teve 17 estrelas, distribuídas por 14 restaurantes.

Últimas notícias

    Publicidade