A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

Há um documentário sobre o turismo em Lisboa que tem mesmo de ver

Por
Luis Leal Miranda
Publicidade

Turismo e perda de identidade são os temas do minidocumentário You'll Soon Be Here, do realizador italiano Fabio Petronilli, que venceu o prémio do público do último Arquitecturas Film Festival. O filme de 37 minutos tem sido partilhado nas redes sociais como uma espécie de manifesto antigentrificação, mas o realizador esclarece que quis apenas fazer um filme "aberto, plural e flexível".

Qual é a sua relação com Lisboa?

É o meu “sítio na terra”, aquele que escolhi conscientemente para viver. Costumava ser a cidade perfeita para mim, com um tamanho humano, suficientemente pequena para ser atravessada a pé, suficientemente grande para ter uma boa oferta cultural, social e económica. Cheia de charme, velha, decadente, acolhedora, pura e autêntica. Completamente voltada para o passado, melancólica e poética, mas ao mesmo tempo moderna. É uma cidade paradigmática das transformações que estão a acontecer agora: é a única na Europa em que o centro da cidade é (ou melhor, era) popular, pobre, praticamente vazio mas ao mesmo tempo puro e cheio de vida. Agora está a mudar e as consequências são conhecidas: gentrificação, exclusão social, desigualdades económicas, turismo de massas e desertificação são assuntos delicados que a cidade enfrenta. Existe o risco real de que Lisboa perca a sua identidade. Cheguei pela primeira vez há 15 anos e tenho voltado praticamente todos os anos. Vi Lisboa crescer e tornar-se numa cidade diferente.

Porque decidiu fazer este filme?

Em Abril o Stadslab European Urban Design Laboratory pediu-me para cobrir uma masterclass sobre turismo e gentrificação na Mouraria. A minha tarefa era fazer um filme curto sobre o curso mas acabou por se tornar num documento mais sério sobre esse assunto. Comecei a entrar no coração da cidade, a falar com quem cá vive e a envolver-me na comunidade para perceber o problema. 

Que tipo de reacções espera que o documentário possa gerar?

O nosso maior desejo era que as pessoas falassem acerca do assunto e começassem a contribuir para o debate. Não tenho um ponto de vista definitivo sobre este tema e quis que o filme fosse aberto, plural e flexível. O filme expressa bem a ideia de que o problema não é o turismo mas sim a falta de regulação nos negócios relacionados com esse fenómeno.

Pode ver o documentário aqui:

YOU'LL SOON BE HERE from Fabio Petronilli on Vimeo.

Últimas notícias

    Publicidade