A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

O amarelo voltou: Elevador da Glória pintado de fresco

Escrito por
Cláudia Lima Carvalho
Publicidade

Os graffitis desapareceram e o amarelo de sempre voltou. O Elevador da Glória foi pintado e isso é notícia porque é muito raro vê-lo assim, tão limpinho. Resta agora saber por quanto tempo.

Os graffitis e os tags que habitualmente cobrem a carruagem são já uma imagem deste ícone de Lisboa, todos os dias fotografado por milhares de turistas. Um elevador amarelo já só vemos praticamente nos postais e ímans vendidos em qualquer quiosque ou loja.

Por estes dias (ou será apenas neste dia?), no entanto, os ascensores ganharam um novo brilho, depois de uma intervenção da Carris.

“A limpeza/pintura dos ascensores acontece quando as cabinas se apresentam em muito mau estado”, diz, em resposta à Time Out, Inês Andrade, responsável pela comunicação da Carris. “Foi por essa razão que a Glória foi agora intervencionada”, acrescentou ainda, explicando que a empresa, agora gerida pela Câmara Municipal de Lisboa, “faz 4 a 5 limpezas por ano em cada um dos ascensores”.

Uma vez que, quando não funcionam, os dois ascensores ficam na rua, não há forma de evitar que estes sejam novamente vandalizados. Por vezes, a polícia passa pelo sítio mas isso não é suficiente para salvaguardar o bom estado do elevador.

O mesmo acontece, por exemplo, com o Elevador da Bica, onde apenas um ascensor fica recolhido e por isso protegido.

Últimas notícias

    Publicidade