A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

Outlander: vêm aí os melhores episódios de sempre

Escrito por
Cláudia Lima Carvalho
Publicidade

À terceira temporada de Outlander, o tempo continua a ser tudo. Falámos com três actores do elenco que asseguram que vêm aí os melhores episódios de sempre. Só não sabemos se no presente ou no passado.

No amor, o timing é tudo. Em Outlander, é mais ainda. Ou não falássemos nós de uma história de amor separada por dois séculos. A terceira temporada estreia já neste domingo às 23.00 no Tv Séries e há boas e más notícias para os fãs da história adaptada dos livros de Diana Gabaldon. Falámos com Richard Rankin, Sophie Skelton e John Bell, e os três novos actores da série deram-nos algumas pistas para o que aí vem.

Primeiro as boas notícias: parece que vem aí “a melhor temporada de sempre”. Começou por dizer-nos Sophie Skelton, ao telefone desde Londres, e confirmou pouco depois John Bell. “Não posso adiantar muito, mas é certo que vamos ter mais acção, mais história”, diz Skelton, ou Brianna Randall Fraser, a filha dos protagonistas Claire (Caitriona Balfe) e Jamie Fraser (Sam Heughan).

Sophie Skelton e Richard Rankin
DR

Foi, aliás, aqui que ficámos na segunda temporada. Claire engravidou de Jamie, o homem que conheceu no passado – e quando dizemos passado, falamos mesmo de outra época. Claire vivia em 1945 quando foi subitamente transportada para o ano de 1743. E foi lá que conheceu Jamie Fraser num período conturbado, numa Escócia dominada por guerras de clãs.

“Onde é que se viu uma série assim? Com estas viagens no tempo? Uma mulher dividida entre a vida que tem no presente e a vida que pode ter no passado?” As perguntas são de Sophie Skelton, que se apressa a responder: “Até já podemos ter visto alguma coisa, mas não com esta qualidade, com esta preocupação por manter ainda assim uma história real.”

Com real, a actriz quer dizer com factos verídicos. Richard Rankin é escocês e garante-nos que revê aqui alguma da História que estudou na escola. “É o meu país”, afirma. A chegada do actor à história tem suscitado muita curiosidade, mas ele não quer levantar muito o véu, lembrando que, apesar de existirem os livros para nos darem as pistas, os fãs de Outlander têm evitado deixar fugir quaisquer spoilers. Rankin é Roger Wakefield, par de Brianna Randall Fraser (Sophie Skelton). “Vamos finalmente acompanhar a relação dos dois, vamos conhecê-los melhor, perceber como é que eles lidam com as informações que vão recebendo sobre as suas histórias de vida”, explica.

E agora as más notícias: não teremos Claire e Jamie. Os dois estão novamente separados pelo tempo. Ela de volta à sua vida no século XX e ele no sítio onde sempre esteve no século XVIII.

Como é que Brianna vive com os pais separados? “Vamos descobrir”, diz, entre sorrisos, a actriz. “Acho mesmo que esta temporada vai mais longe, tenho a certeza que todos se vão surpreender”, arrisca John Bell, que chega a Outlander só agora para dar vida a Ian Fraser Murray, sobrinho de Jamie. “Ele é muito parecido com o tio, é leal à sua família”, afirma, explicando que a maior dificuldade que teve na construção do seu papel foi “pensar como é que se vivia realmente na época”. “É uma coisa que não queres falhar, principalmente quando chegas mais tarde à série e sabes que há muita expectativa.”

Jon Bell
DR

Quando fala de expectativas, Bell refere-se à legião de fãs que segue Outlander. “Percebi logo isso quando o meu nome foi anunciado, as minhas redes sociais explodiram”, recorda, contando que o que mais gosta na série é toda a produção exigida. “É uma série com qualidade de cinema. Todo o trabalho de guarda-roupa, maquilhagem. É impressionante.”

Últimas notícias

    Publicidade