0 Gostar
Guardar

Há um “novo” JP Simões para ouvir no Musicbox

Novo, entre aspas, porque quem faz a estreia em palcos lisboetas é Bloom, músico que encarnou no artista JP Simões (que nem sequer vai ter o nome na guest list). Confuso? Nós explicamos

©DR
Bloom toca esta noite no Musicbox

De acordo com a mitologia, Bloom é um músico inglês falecido há três anos que reencarnou no artista anteriormente conhecido como JP Simões. Outra história dá conta de um encontro fortuito com esse mesmo Bloom num bar em Buenos Aires e de uma transfusão de canções entre o músico estrangeiro e o português. Perguntámos ao próprio JP se Bloom era um pseudónimo, um heterónimo ou um ziggystardustónimo, mas a resposta foi inconclusiva: “Bloom sou eu até prova em contrário”.

Uma coisa sabemos de certeza, no Musicbox não se vai ouvir nenhuma canção de JP, o ortónimo. "Agora, pensando bem, nem me recordo se cheguei a deixar o nome do JP Simões na guest list". 

Esta noite Bloom vai tocar as canções do disco de estreia Tremble Like a Flower, álbum cantado em inglês e rico em orquestrações, o que explica o elenco que vai subir ao palco do Musicbox: Francesco Valente no contrabaixo, Miguel Nicolau na guitarra eléctrica, Marco Franco na bateria, Sérgio Costa no saxofone e flauta e João Gomes nos teclados.

É a estreia de Bloom em Lisboa e a segunda apresentação do disco depois do concerto na ilha de Santa Maria por ocasião do Festival Marés de Agosto. 

Na primeira parte tocam os Live Low, conjunto de Pedro Augusto (Ghuna X) que reinterpreta temas do cancioneiro nacional.

Hoje a partir das 21.00 no Musicbox (R. Nova do Carvalho 24). Bilhetes a 10€.

 

Comentários

0 comments