Martín Rejtman

Coisas para fazer

A Time Out diz

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme se os eventos continuam agendados.

Parte importante da programação da quarta edição do AR – Festival de Cinema Argentino em Lisboa, que decorre na Cinemateca e no Cinema S. Jorge, entre quinta e domingo, a retrospectiva Martín Rejtman dá a conhecer a obra de um dos fundadores do Novo Cinema Argentino, nome dos mais significativos do cinema contemporâneo daquele país e autor fundamental para a renovação do panorama cinematográfico latino-americano neste século. Entre outras obras deste cineasta, como outros nomes da sua geração dado aos ambientes estranhos e desregulados, destacam-se Rapado e Sílvia Prieto. O primeiro, realizado em 1992, foi um dos filmes precursores do Novo Cinema Argentino . Já em Sílvia Prieto, que dirigiu em 1999, com Rosario Bléfari, Marcelo Zanelli, Susana Pampin, Gabriel Fernández Capello e Valeria Bertuccelli no elenco, encontra-se a história de uma mulher que decide mudar a sua vida.

Detalhes

Também poderá gostar