0 Gostar
Guardar

O que faz falta é o jardim na ribalta

O evento Ao Caracol! enche o bairro de música, teatro, artes plásticas, ateliers e passeios. O programa de hoje é extenso, mas deixamos aqui as nossas escolhas.

©Sérgio Condeço
O Movimento Pelo Jardim do Caracol da Penha, composto por um grupo de moradores da zona de Arroios e Penha de França, torceu o nariz à construção de um parque de estacionamento da EMEL num matagal carregado de potencial para outras empreitadas. E depois de ter feito chegar uma proposta à Assembleia Municipal e ao Orçamento Participativo deste ano, chegou a vez de juntar a cultura a esta missão para reforçar a mensagem com muita animação e com artistas que moram e trabalham (ou moraram e trabalharam) nesta colina.
 
Estórias às escadinhas
A experiência em teatro do actor Pedro Giestas é conhecida. Quatro filhos depois é hoje um mestre na arte de contar histórias para adormecer, desta vez com contos curtos de todo o mundo.
Às 16.00 nas Escadinhas da Cidade de Manchester
 
Música na Varanda: Punk d'Amour
Toda a nudez será perdoada é o nome do primeiro álbum da banda Punk d’Amour, uma releitura do título da peça Toda a nudez será castigada, do dramaturgo brasileiro Nelson Rodrigues. Entre instrumentos, electrónica e utensílios de cozinha, Filipe Ferraz (o Punk) e Mariana Camacho (a Amour) fizeram um disco sobre o direito à fúria e à vontade de rir. Depois de espeluncas, igrejas e comícios políticos, o palco neste dia será uma varanda.
Às 17.30 na Rua Poeta Nilton, 3
 
Aula de yoga acompanhada por taças tibetanas
A escola Arjuna Yoga Anjos abre as portas para uma aula de yoga de relaxamento profundo ao som de taças tibetanas. A participação é gratuita, mas se quiser esticar todos os músculos do seu corpo vai ter de se inscrever. Se exercício e meditação são coisas que lhe aguçam o apetite, nesta escola também se come e o menu inclui coisas como chow mein de vegetais picantes, sopa de lentilhas com tomate ou pizza de rebentos de soja.
Às 11.30 na Rua Cidade de Cardiff 42D
 
Vídeo: Memórias do bairro
Um bairro é indissociável do seu conjunto de memórias. E perdê-las é dizer adeus à identidade. A Padaria Saudade acolhe este evento precisamente com um vídeo de Soraia Simões, historiadora e investigadora da Associação Mural Sonoro, sobre as memórias de moradores e trabalhadores do bairro desde o fatídico ano de 1926.
Ás 15.00 na Rua de Moçambique, 23B
 
Dança: Jump Session pelo Caracol
Lindy hop, Balboa, blues, vintage jazz, tap, solo blues. A dança americana vintage tem conquistado adeptos por cá e os dançarinos da escola Swing Station, fundada por uma americana, vão dar um cheirinho do que pode aprender por lá (ou do que pode contratar para a sua próxima festa temática).
Às 16.00 nas Escadinhas da Cidade de Liverpool
 
Programa completo em caracoldapenha.info
 

Comentários

0 comments