A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Rumo à praia de Supertubos - MEO
D.R.

Rumo à praia de Supertubos

O Oeste, conhecido pelas suas praias – algumas famosas, outras ainda secretas –, recebe uma das etapas da competição de surf mais prestigiada do mundo.

Time Out em associação com MEO
Publicidade

A praia de Supertubos, conhecida por todos os que praticam surf, honra o nome do
fenómeno das ondas tubulares e rápidas, que chegam a ter três metros. Esta é uma das
manobras rainhas avaliadas na prova do MEO Rip Curl Pro Portugal. Se não souber surfar e
a sua onda for mais apreciar quem sabe, deve rumar a Peniche entre os dias 6 e 16 de Março.

Em Peniche: 10 pontos

A World Surf League (WSL) 2024 arrancou a 29 de Janeiro, na fase de Pipeline, no Havai.
Com 36 surfistas masculinos e 18 surfistas femininas em competição, o circuito passa
por Peniche na terceira etapa. A prova do MEO Rip Curl Pro recebe assim grandes estrelas
internacionais do surf que se aventuram pela dificuldade de Supertubos para ter a melhor
pontuação possível. Na edição de 2023, a Praia de Supertubos recebeu um número recorde de espectadores, atingindo as 150 mil pessoas – entre os que marcaram presenças na praia e os que não resistiram a acompanhar online. As expectativas para este ano são ainda maiores.

O MEO apanha a onda

É Frederico Morais —ou Kikas, como o mundo do surf o conhece — quem levanta a bandeira
portuguesa. O tricampeão português e embaixador do MEO no desporto já disputou
o título mundial quatro vezes e cumpre novamente o objectivo. Tem a oportunidade de
levar a vitória para casa na WSL de 2024 contra várias gerações de elite do mundo do surf.

Rumo à praia de Supertubos
D.R.

Surfar no futuro

O projecto The Unwanted Shapes do MEO, volta em força para mais uma competição. O
objectivo? Quebrar barreiras e levar aos Jogos Olímpicos de 2028 pranchas ecológicas.
Para preservar o mar que os surfistas tanto estimam e necessitam, é necessário combater
as alterações climáticas. The Unwanted Shapes criou pranchas de alta performance com
impacto zero para o planeta. É possível que a sustentabilidade leve a taça, desde que estejam todos prontos a desafiar-se.

Recomendado
    Também poderá gostar
    Também poderá gostar
    Publicidade