Um Realismo Necessário

Coisas para fazer
Um Realismo Necessário

Depois da exposição individual na Galeria Francisco Fino, José Pedro Cortes apresenta no Museu de Arte Contemporânea um conjunto de fotografias, feitas entre 2005 e 2018, onde a figura central é nada mais, nada menos que a representação do corpo humano. Fazer retratos e olhar para o outro sempre foi uma forma de José Pedro Cortes pensar a realidade que nos rodeia, sendo que não estão representadas geografias ou tempos, apenas histórias – histórias essas que o visitante da exposição tenta encontrar sem fazer delas grandes leituras dogmáticas.

LiveReviews|0
1 person listening