Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Viva com uma nova Energia
MEO Energia
©DR

Viva com uma nova Energia

O MEO Energia é um novo serviço exclusivo para clientes MEO, prestado pelo parceiro PT Live. Mas é mais do que isso. É também um convite para uma vida mais sustentável, consumindo eletricidade 100% verde, e ainda com benefícios MEO.

Por Time Out em associação com MEO
Publicidade

Mais vantagens, melhor energia, menor pegada ecológica. O MEO Energia é também uma vontade de inspirar novos comportamentos. E é precisamente para o ajudar a pensar num futuro mais verde que reunimos a lista que se segue, construída apenas com filmes que, além de grande entretenimento, podem servir de inspiração à mudança. Todos eles estão disponíveis no seu MEO VideoClube. De caminho, deixamos-lhe uma mão cheia de dicas para tornar o seu consumo mais eficiente e sustentável. No final, se ainda precisar de incentivos para mudar, saiba que se aderir ao MEO Energia recebe o dobro da net móvel em todos os telemóveis do seu pacote MEO.

Para conhecer todos os benefícios que o MEO Energia tem para lhe oferecer, faça uma simulação.

Viva com uma nova Energia

Aquarela, A Força da Natureza

Viktor Kossakovsky, 2019, 90 min.

Ao longo de hora e meia, a água é tudo. Não há uma história, não se vê praticamente ninguém. Só água. Em estado líquido, em gelo, água em todo o seu esplendor pelos quatro cantos do mundo. Nunca um filme meteu tanta água. E poucas vezes o cinema nos meteu tanto respeito e ao mesmo tempo nos deixou tão deslumbrados pela imagem. Em Aquarela, o russo Viktor Kossakovsky ensaia uma demonstração do sublime enquanto categoria filosófica: entendido como tudo o que na natureza nos provoca uma reacção estética por ser extraordinário e grandioso, belo e ameaçador ao mesmo tempo. Se isto não nos inspirar a repensar comportamentos, nada o fará.

Disponível no MEO VideoClube

Por Falar em Água...
Saiba que a quantidade de energia gasta num banho de chuveiro chega a ser quatro vezes menor do que a energia gasta num banho de imersão. Outra boa ideia para poupar energia na casa de banho é instalar lâmpadas LED, que permitem poupar num ano até €8/lâmpada. Experimentar é fácil: basta clicar aqui.

Into the Wild

Sean Penn, 2007, 148 min.

Nos anos 90, Christopher McCandless, um brilhante estudante acabado de se formar na universidade, e atleta de topo, decidiu deixar tudo para trás para viajar pelo interior da América rumo ao Alasca para ali viver em comunhão com a natureza, levando consigo apenas o essencial para a sua sobrevivência. Sean Penn assina esta história real de um homem (interpretado por Emile Hirsch) que virou as costas à sociedade organizada e a uma vida que se afigurava brilhante e confortável. E que acabou por morrer de fome e sozinho no meio da natureza inóspita.

Disponível no MEO VideoClube

Por Falar em Desligar de Tudo...
Desligue os televisores, computadores e restantes aparelhos electrónicos sempre que não os está a utilizar. A razão é simples e as contas também. O consumo médio destes aparelhos em stand-by corresponde a uma despesa anual média de €40.

Publicidade

A Idade do Gelo 2: Descongelados

Carlos Saldanha, 2006, 90 min.

Apesar de tudo acontecer na Idade do Gelo, muito antes de a humanidade existir no mundo, a segunda aventura do mamute Manfred, do tigre dentes-de-sabre Diego e da preguiça Sid ajuda a explicar aos mais pequenos os efeitos do aquecimento global. Em A Idade do Gelo 2: Descongelados, os animais vivem encantados com um mundo novo descongelado, cheio de parques de água e poços. Mas o fascínio é sol de pouca dura. Manfred, Diego e Sid descobrem que as milhas de gelo derretido poderão inundar o seu vale e precisam de avisar os outros animais a encontrar um caminho para fugir ao dilúvio.

Disponível no MEO VideoClube

Por Falar em Descongelados...
O frigorífico é dos eletrodomésticos que mais consome energia, pois está ligado 24 horas por dia, todos os dias do ano. Ao abrir menos vezes a porta, pode poupar até 25% de energia no consumo.

Happy Feet

George Miller, 2006, 108 min.

Em reino de pinguins-imperador, no coração da Antárctida, quem canta é rei. O problema está em quem não canta e todos espanta como o pequeno Mumble. Este pequeno pinguim tem uns pais com uma voz invejável, mas sempre que abre o bico sai desafino. Já com os pés, não há quem se lhe compare. Mumble dança como poucos. Se a mensagem principal deste filme de animação se foca na celebração da diferença, Happy Feet não deixa de tocar num ponto fulcral: o impacto humano na natureza, e em específico no oceano. Tanto vemos os pinguins a sofrer com a escassez de peixe por causa do excesso de pesca, como conhecemos um pinguim que se acha dotado de um poder especial por ter enrolado no focinho um plástico atirado para o mar e que aos poucos o sufoca.

Disponível no MEO VideoClube

Por Falar em Pinguins...
Quando quiser manter a sua casa bem fresca, tome atenção à forma como usa o ar condicionado. Faça a limpeza regular dos filtros do ar condicionado e garanta um funcionamento mais eficiente e menos gasto de energia. Diminuir um grau na temperatura do ar condicionado pode significar menos 7% no consumo de energia.

Publicidade

Syriana

Stephen Gaghan, 2005, 126 min.

O argumento mistura pequenas histórias e grandes cenários, gente comum e grandes corporações, numa teia de acontecimentos aparentemente desconexos mas com um denominador comum: os efeitos nefastos da dependência global do petróleo. Mais do que nos assustar com a dimensão tentacular do problema, porém, talvez nos ajude a lembrar que os grandes interesses também se alimentam dos nossos pequenos gestos e que, afinal, sempre vale a pena repensar o que consumimos e como. Com Matt Damon e George Clooney, que arrecadou o Óscar de Melhor Actor Secundário, Syriana é um daqueles thrillers políticos intrincados que nos deixam com a certeza de que não percebemos tudo, mas certos de que isto anda tudo ligado.

Disponível no MEO VideoClube

Por Falar em Andar Tudo Ligado...
Fique a saber que a utilização de tomadas ou extensões eléctricas com interruptor pode reduzir a sua factura de energia em 10%. Se quiser experimentar, é muito fácil: pode adquiri-las aqui mesmo.

Os Simpsons, O Filme

David Silverman, 2007, 127 min.

Os Simpsons nesta lista?! Sim, claro. Senão vejamos. Em 2007, quando foi pela primeira vez adaptada ao cinema, a série que então atingia a maioridade dos 18 anos (entretanto, passaram outros 13 anos e acaba de estrear por cá a 31.a temporada), escolheu colocar o ambiente no centro da história. Todo o enredo parte de uma calamidade ambiental provocada por Homer. E com isso Matt Groening manteve baterias apontadas a alguns temas de eleição do seu humor corrosivo: o desprezo pela ciência e a orgulhosa incultura, a estupidez militante e a incompetência política, o consumismo desenfreado e o ambientalismo interesseiro. Tudo isto enquanto nos deixa apaixonados pela bondosa estupidez de Homer que, como de costume, se vai metendo em alhadas cada vez maiores à medida que tenta assumir controlo da situação.

Disponível no MEO VideoClube

Por Falar em Assummir Controlo...
A iluminação representa um gasto aproximado de 20% na factura da eletricidade. Um bom conselho é recorrer a lâmpadas inteligentes e de baixo consumo que pode controlar remotamente através do smartphone. A poupança com iluminação pode chegar a 35%.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade