A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Compras, Loja, Cerâmica, Cerâmicas da Linha
©Manuel MansoCerâmicas da Linha

Roteiro perfeito de compras em Oeiras

Aqui, o segredo não é a alma do negócio.

Escrito por
Editores da Time Out Lisboa
Publicidade

Um passeio por Oeiras não fica completo sem uma ida às compras. E, nesse caso, opte pelo comércio tradicional e de bairro que continua a dar cartas no concelho. De farmácias e mercearias a lojas de roupa e cabeleireiros de bairro, descubra os sítios em Oeiras onde é muito tentador abrir a carteira e passar o cartão. Contamos-lhe a história dos negócios locais de Oeiras, e dos seus protagonistas, e provamos que o comércio de bairro continua vivo.

Recomendado: As melhores coisas para fazer em Oeiras

A alma do negócio

  • Compras
  • Mercearias
  • Oeiras

De 1942 até agora, muita coisa mudou. Que o diga António Fernandes, um dos actuais sócios da mercearia fundada em plena Segunda Guerra Mundial – e que por cá continua, ainda que com alguns melhoramentos. “Era uma mercearia de bairro em Santo Amaro de Oeiras, de um senhor de apelido André”, conta. Em 2014, António e outros dois sócios compraram o negócio. O pronto a comer chegou nos anos 1990, conferindo ao espaço outra valência. Mais tarde, a comida caseira ali confeccionada começou a ser vendida congelada e, por fim, surgiu o negócio do catering – estes já graças aos novos proprietários. Apesar de a loja ter mudado de mãos, o nome do senhor André não foi apagado.

Avenida Carlos Silva, 3 (Santo Amaro de Oeiras). 21 443 0077. Seg-Sex 08.30-20.00, Sáb 09.30-19.00.

  • Compras
  • Vestuário feminino
  • Oeiras

Nesta história, a coragem falou mais alto. É que há 14 anos, Patrícia Pereira despediu-se do seu trabalho e rumou à Ásia. De regresso a Lisboa, abriria a Vintage Baazar, primeiro em Santo Amaro de Oeiras, de onde é natural, depois em Lisboa, na Comporta e agora no Porto. Nesta loja de vestuário, que começou por ser de revenda, a inspiração são as mulheres. Agora, as peças são produzidas de raiz e resumem bem a força da proprietária. “Esta é a história de uma mulher que se lançou e deixou tudo e que conseguiu”, conclui.

Avenida Carlos Silva, 9A-B (Oeiras). 21 442 6909. Seg-Sex 10.00-19.00; Sáb 10.00-13.00/14.00-19.00.

Publicidade
  • Compras
  • Oeiras

Os tempos eram outros quando Ilídio Espada não tinha mãos a medir para as pessoas que lhe apareciam com as melhores roupas para fazer um retrato. Aberta em Algés há 61 anos, esta casa de fotografia é um poço de histórias. Agora, Ilídio, com 87 anos, que chegou a fotografou Marcello Caetano e Salazar, já não passa tanto tempo na loja, mas continua a aparecer lá todas as manhãs. O filho, José António Espada, foi quem assumiu o negócio desde 2010, mas a magia do sítio continua intacta. As câmaras fotográficas antigas estão à vista e continua a poder pedir um retrato – fotografado com recurso às modernices do digital.

Avenida Combatentes da Grande Guerra, 110 A (Algés). 21 410 5609.

  • Compras
  • Mercearias
  • Oeiras

Sérgio Gomes esteve sete anos fora, em Angola. Cada vez que voltava a casa, na Rua Doutor José da Cunha, sentava-se à mesa da cozinha e observava o movimento na zona. Sabia bem o que fazia falta ali. Aproveitou as duas décadas de experiência que tinha num grupo de hipermercados e abriu a Villas, onde a fruta e os legumes chegam directamente dos produtores, sem passar por câmaras frias. Há charcutaria, com enchidos e queijos nacionais e internacionais, e uma garrafeira com opções que não existem em grandes superfícies. 

Rua Dr. José da Cunha, 30 B. Seg-Sáb 09.00-21.00, Dom 09.00-13.00

Publicidade

Farmácia Nifo

Quando, em 1912, Armando Nifo fundou a farmácia com o mesmo nome no Dafundo, não saberia que esta seria um negócio de família, passado de geração em geração. Bruno Nifo, seu trineto, formado em engenharia informática, já participa no negócio, ao lado do pai, que é quem está aos comandos desde 1997, altura em que sucedeu ao pai, José Almeida Nifo. Nos armários da farmácia, “que funcionam quase como um museu”, diz Bruno Nifo, pode-se revisitar os tempos em que no laboratório instalado nas traseiras eram preparados inúmeros fármacos caseiros, como o xarope Nifo, a água oxigenada ou o xarope peitoral da casa.

Avenidas Combatentes da Grande Guerra, 64 (Algés). 21 411 2070. Seg-Dom 08.30-22.00.

  • Compras
  • Ópticas
  • Oeiras

Corria o ano de 1981 e já os pais de André Leal trabalhavam numa óptica. Até que se aventurassem no ramo dos óculos por conta própria, não tardou muito e foi assim que surgiu a primeira André Ópticas, no bairro da Figueirinha, onde continua sediada a primeira loja do negócio familiar. O nome, esse, deve-se precisamente a André, que tinha três meses quando esse espaço foi adquirido. A partir daí, conta agora com 39 anos, a família tem-se dedicado “a um serviço de excelência que dá atenção a um portefólio e selecção de marcas únicas”. Em 2006 foi o ano da expansão para Lisboa e, a partir daí, foi sempre a crescer. O primeiro espaço que ocuparam na capital foi a mítica oculista localizada na Rua Garrett e cinco anos depois desceram à Avenida da Liberdade, onde abriram a sua maior loja.

Rua da Figueirinha, 24 A (Oeiras). 21 440 6560. Seg-Sex 09.30-13.00/15.00- 19.30, Sáb 09.30-13.00.

Publicidade

Jackpot

Começou por ser uma barbearia e cabeleireiro de bairro e, com o passar dos anos, transformou-se numa casa de jogos. Nos anos 1990, a barbearia à frente e o cabeleireiro na parte de trás dividiam o espaço com a venda de boletins de Totobola. Hoje, a casa chama-se Jackpot e já não há cortes de cabelo a acontecer ao mesmo tempo que se escolhem os números para as apostas da semana. A família Matos, contudo, continua a ser a orgulhosa proprietária do negócio. Lá dentro, só se vende jogos da Santa Casa e a clientela é fiel. O interior, ainda que singelo, transporta-nos para tempos idos, com as paredes espelhadas e os muito boletins de jogo dispostos nas prateleiras em jeito de montra, que dão vontade de raspar a raspadinha.

Avenida Combatentes Grande Guerra, 68 (Algés). 21 411 6211.

  • Compras
  • Designer
  • Oeiras

Quando em 1995 Pedro d’Orey criou a QuartoSala, Oeiras parecia o sítio ideal para abrir uma empresa. “As condições eram vantajosas, tudo pareceu alinhado”, diz. À altura, empresas de projecto de design de interiores não era algo comum, e assim começou a ser trilhado um caminho de 26 anos em que o luxo se funde com o bom gosto. Se antes bastava uma sala e um telefone, através do qual solicitavam um decorador que fosse a determinada casa, hoje muita coisa mudou. Além da loja-mãe de Paço de Arcos, a QuartoSala está presente em dois locais de Lisboa e dedica-se à venda a retalho de algumas das marcas de mobiliário e de decoração mais reputadas do mundo. Acima de tudo, defende Pedro, a marca “criou uma reputação baseada num aconselhamento de qualidade”.

Praceta José Epifânio de Abreu, 4 (Paço de Arcos). 21 441 1110. Seg-Sex 10.00-19.00, Sáb 10.00/17.00.

Publicidade
  • Coisas para fazer
  • Oeiras

Foi em 1988 que os engenheiros Francisco Castelo Branco e António Mexia se juntaram para fundar este centro de jardinagem que, com os anos, foi evoluindo quase para um centro de bem-estar, explica Rita Bacelar Azevedo, responsável pela parte comercial da Viplant. Aqui, defende, “mais do que vir comprar uma planta, tem-se uma experiência com a natureza”. A cafetaria e a zona de esplanada fazem do espaço uma zona agradável para se estar, ao mesmo tempo que a oferta de plantas ornamentais, mediterrânicas, tropicais e aromáticas deixa qualquer um encantado. Além de encontrar de tudo ligado à botânica, a Viplant presta aconselhamento paisagista. No Algarve, em Vilamoura, é onde está localizado o seu centro de produção.

Estrada de Oeiras (Oeiras). 21 440 6590. Seg-Sex 09.00-19.00, Sáb-Dom 09.00-15.30.

  • Compras
  • Floristas
  • Oeiras

Foi em Paris, nos anos 90, que Carla Correia teve a ideia de abrir uma loja de flores e plantas, bem diferente das então floristas tradicionais. No entanto, só depois de mais de 25 anos a trabalhar como arquitecta paisagista é que sentiu que o momento certo tinha chegado. Na Plants Corner, que inaugurou em meados de Abril em Oeiras, encontra uma variedade enorme de plantas e flores, vasos, cachepots e diversas peças de decoração, como almofadas, tapetes, jarras, velas e taças. A loja disponibiliza também serviços de home planting, bem como de consultoria para o ajudar a criar jardins de moradias, varandas ou terraços.

Rua da Figueirinha, 19 A. Ter-Sáb 10.00-19.00.

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade