Lo Único que Necesita una Gran Actriz, Es una Gran Obra y las Ganas de Triunfar

Dança
Lo Único que Necesita una Gran Actriz, Es una Gran Obra y las Ganas de Triunfar
©DR

O título não é curto: Lo Único que Necesita una Gran Actriz, Es una Gran Obra y las Ganas de Triunfar. Mas talvez ajude acrescentar que, na verdade, o colectivo da Cidade do México, que anda desde 2007 “em busca de alternativas teatrais, pensamento crítico autónomo e independência criativa”, põe em cena uma versão de As Criadas, de Jean Genet.

Não será a versão mais ortodoxa, decerto não a mais convencional da tragédia inspirada no crime das irmãs Papin, em 1933, as quais, não se sabe bem porquê, mas que o autor interpretou, 14 anos depois, como revolta contra a opressão, mataram com requintes de malvadez a patroa e a filha. Este clássico do teatro de lutas de classes, digamos, na versão de Vaca 35 leva na mesma o “público para o espaço exíguo do quarto das criadas e do ataque de Genet aos estereótipos sociais”, criando aquela mesma mistura explosiva que, nas palavras do colectivo, junta “representação, o teatro como única saída aparente, comida, bebida, dança e algo de conto de fadas.”

Por Rui Monteiro

Publicado:

LiveReviews|0
1 person listening