Bairro Alto Hotel

Hotéis Chiado
4 /5 estrelas
(1comentário)
Bairro Alto Hotel (©DR)
1/21
©DR
Bairro Alto Hotel (©DR)
2/21
©DR
Bairro Alto Hotel (©DR)
3/21
©DR
Bairro Alto Hotel (©DR)
4/21
©DR
Bairro Alto Hotel (©DR)
5/21
©DR
Bairro Alto Hotel (©DR)
6/21
©DR
Bairro Alto Hotel (©DR)
7/21
©DR
Bairro Alto Hotel (©DR)
8/21
©DR
Bairro Alto Hotel (©DR)
9/21
©DR
Bairro Alto Hotel (©DR)
10/21
©DR
Bairro Alto Hotel (©DR)
11/21
©DR
Bairro Alto Hotel (©DR)
12/21
©DR
Bairro Alto Hotel (©DR)
13/21
©DR
Bairro Alto Hotel (©DR)
14/21
©DR
Bairro Alto Hotel (©DR)
15/21
©DR
Bairro Alto Hotel (©DR)
16/21
©DR
Bairro Alto Hotel (©DR)
17/21
©DR
Bairro Alto Hotel (©DR)
18/21
©DR
Bairro Alto Hotel (©DR)
19/21
©DR
Bairro Alto Hotel (©DR)
20/21
©DR
Bairro Alto Hotel (©DR)
21/21
©DR

Elegante e discreto, é um dos edifícios mais charmosos de Lisboa.

Mas a melhor coisa do Bairro Alto Hotel talvez seja o facto de estar mesmo no coração de Lisboa (tanto quanto uma cidade pode ter coração), na Praça Luís de Camões, entre o Bairro Alto, o Chiado, o Cais do Sodré e o Príncipe Real – o ponto de partida perfeito para atacar a cidade em todas as frentes. Vizinho de igrejas barrocas, cafés históricos, restaurantes e lojas, tem entretém de sobra para um dia de passeio, mas é à noite, especialmente ao fim-de-semana, que a praça fervilha a sério. Não sendo um lugar de paragem demorada, é quase sempre com um café no Quiosque do Refresco que a noite começa. Onde acaba, logo se verá.
A certeza, a melhor de todas, é que voltar ao quarto depois de uma saída é mais ou menos como chegar ao céu: a cama é grande e fofa, perfeita para dar o dia por encerrado. Para ter direito à banheira antiga de pés, tem de optar por uma das suítes, mas independentemente do quarto que escolher, a garrafa de Porto de boas-vindas está sempre garantida e é cortesia do hotel. Para quem vem em família e estava já a pensar se seria sensato estar rodeado de tantas tentações, uma boa notícia: há serviço de babysitting e actividades programadas para os miúdos.
Subir ao terraço para beber um copo a olhar para o Tejo é obrigatório, de preferência logo a seguir ao check-in, para garantir mesa na primeira linha da esplanada. Depois das 17.00, no Verão, é praticamente impossível conseguir sequer lugar sentado, mas fica a dica: o bar serve pequenos-almoços e as manhãs lá em cima costumam ser calminhas, mais amigas da contemplação.
O restaurante Flores do Bairro tem tudo de bom: boa comida, boa onda e boa gente. A cozinha contemporânea do chef Bruno Rocha combina a tradição portuguesa com o rigor francês e a mestria oriental para criar uma ementa descontraída, pensada para ser partilhada.
O Café Bar, aberto para a rua, é o irmão rebelde do hotel, com decoração futurista. Tem uma boa carta de bar e música daquela que apetece dançar.

Dica Time Out: Dizem que para baixo todos os santos ajudam, mas neste caso vamos sugerir que suba um bocadinho até ao Príncipe Real para aproveitar um fim de tarde entre as lojas mais trendy de Lisboa, um gin tónico no Pub Lisboeta ou um chá no Pavilhão Chinês, mesmo antes decidir em qual dos restaurantes do chef Kiko vai jantar: a Cevicheria, para uma refeição mais leve, ou o Asiático, para uma viagem aos sabores do Oriente?

Por Nelma Viana

Publicado:

Nome do local Bairro Alto Hotel
Contato
Endereço Praça Luis de Camões, 2
Lisboa
1200-243
Preço €€€€
É o proprietário deste estabelecimento?
Static map showing venue location

Average User Rating

4 / 5

Rating Breakdown

  • 5 star:0
  • 4 star:1
  • 3 star:0
  • 2 star:0
  • 1 star:0
LiveReviews|1
1 person listening
tastemaker

Na confusão que circunda as ruas à volta do Hotel quando chegamos ao terraço é de uma calma e relaxe totais. 

O terraço não é grande, mas não tivemos que esperar. As cadeiras, tipo cadeirões são muito confortáveis o que ajuda ainda mais. Perguntamos por um gin que nem estava na lista e tinham. 
A música ambiente estava no nível de audição correcto. 
O serviço rápido e profissional deixando-nos à vontade.
O preço é elevado.