A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

Memmo Príncipe Real

  • Hotéis
  • Avenida da Liberdade/Príncipe Real
  • preço 3 de 4
  • 4/5 estrelas
  • Recomendado
  1. Memmo Principe Real (©Time Out Lisboa)
    ©Time Out Lisboa
  2. Memmo Principe Real (©Time Out Lisboa)
    ©Time Out Lisboa
  3. Memmo Principe Real (©Time Out Lisboa)
    ©Time Out Lisboa
  4. Memmo Principe Real (©Time Out Lisboa)
    ©Time Out Lisboa
  5. Memmo Principe Real (©Time Out Lisboa)
    ©Time Out Lisboa
  6. Memmo Principe Real (©Time Out Lisboa)
    ©Time Out Lisboa
  7. Memmo Principe Real (©Time Out Lisboa)
    ©Time Out Lisboa
  8. Memmo Principe Real (©Time Out Lisboa)
    ©Time Out Lisboa
  9. Memmo Principe Real (©Time Out Lisboa)
    ©Time Out Lisboa
  10. Memmo Principe Real (©Time Out Lisboa)
    ©Time Out Lisboa
  11. Memmo Principe Real (©Time Out Lisboa)
    ©Time Out Lisboa
  12. Memmo Principe Real (©Time Out Lisboa)
    ©Time Out Lisboa
  13. Memmo Principe Real (©Time Out Lisboa)
    ©Time Out Lisboa
  14. Memmo Principe Real (©DR)
    ©DR
  15. Memmo Principe Real (©DR)
    ©DR
  16. Memmo Principe Real (©DR)
    ©DR
  17. Memmo Principe Real (©DR)
    ©DR
  18. Memmo Principe Real (©DR)
    ©DR
  19. Memmo Principe Real (©DR)
    ©DR
  20. Memmo Principe Real (©Time Out Lisboa)
    ©Time Out Lisboa
  21. Memmo Principe Real (©Time Out Lisboa)
    ©Time Out Lisboa
  22. Memmo Principe Real (©Time Out Lisboa)
    ©Time Out Lisboa
  23. Memmo Principe Real (©DR)
    ©DR
  24. Memmo Principe Real (©Time Out Lisboa)
    ©Time Out Lisboa
Publicidade

A Time Out diz

4/5 estrelas

Foi no bairro construído em homenagem a D. Pedro V – o próprio do Príncipe Real – que o grupo Memmo decidiu assentar arraiais para o terceiro hotel da marca.

Depois da invasão de Sagres, em 2007, e de Alfama, seis anos mais tarde, fazia sentido apostar numa das zonas mais nobres da cidade, aquela que, apesar do frenesim turístico, ainda se pode considerar a “Lisboa dos lisboetas”, cool como só ela e cosmopolita como nenhuma outra, e onde, estranhamente, escasseia a oferta de alojamento. Mais uma cadeia hoteleira à conquista da capital, perguntará o leitor mais atento? Nada disso. Os dois sócios, Rodrigo Machaz e João Correia Nunes, preferem antes chamar-lhe uma “colecção de hotéis”, uma espécie de caderneta de cromos que se vai completando sem aquela ânsia de chegar ao fim antes dos outros todos. Dizem que à terceira é de vez – no caso do Memmo logo se verá.
Bom, na verdade, talvez ainda demore a aparecer concorrência à altura, até porque é difícil (senão impossível) competir com a vista do terraço do bar e restaurante, onde também está a piscina virada para o castelo de São Jorge – igualmente avistável da maioria das varandas dos quartos. As outras suítes compensam a falta de panorâmica com áreas exteriores generosas e lareira ao ar livre.
O edifício é novo, longe do ideal pombalino, mas as referências históricas são mais do que muitas, a começar no lobby, com um retrato do homem que deu o nome ao bairro – assinado por Carlos Barahona Possollo, o mesmo que pintou o retrato oficial de Cavaco Silva –, até ao Café Colonial, o novíssimo restaurante onde o chef Vasco Lello se compromete a reinterpretar os sabores exóticos das ex-colónias em pratos modernos, pensados para partilhar.

Escrito por
Nelma Viana

Detalhes

Endereço
Rua D. Pedro V, 56 J
Lisboa
1250-094
Preço
€€€
Publicidade
Também poderá gostar