Beethoven: Quarteto de Cordas

Música, Clássica e ópera
Ensemble Darcos
©Rui Mergulho

A Time Out diz

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme se os eventos continuam agendados.

O quarteto de cordas foi um género que Beethoven cultivou ao longo de toda a vida, tendo composto um total de 16, entre os seis quartetos op.18 (1798-1800), ainda muito devedores do legado de Haydn e Mozart, e os quartetos op. 127, op.130-33 e op.135, compostos em 1822-26, que têm momentos de uma ousadia que permaneceria inultrapassada até à viragem dos séculos XIX/XX. Desta produção ouvir-se-ão os quartetos n.º 6 op.18/6 e n.º 7 op.59/1 Razumovsky (no sábado), e o n.º 13 op.130 e a Grande Fuga op.133 (no domingo). A Grande Fuga servia originalmente para rematar o n.º 13, mas a pedido do editor, Beethoven substituiu-a na versão publicada por um novo andamento, menos intimidante, e publicou a peça à parte.

Intérpretes: Ensemble Darcos (sáb) (na foto) + Solistas de Lisboa (dom)

[Grande Fuga op.133, pelo Quarteto Alban Berg]