Beethoven: Triplo Concerto e Sinfonia n.º 8

Música, Clássica e ópera
Pavel Gomziakov
©Jean-Baptiste Millot Pavel Gomziakov

A Time Out diz

As circunstâncias da criação do Triplo Concerto op.56 são nebulosas. A dar crédito a Anton Schindler, um dos primeiros biógrafos do compositor, terá sido composto tendo em mente, como solistas, o Arquiduque Rodolfo (piano), Ferdinand August Seidler (violino) e Anton Kraft (violoncelo) e teve estreia privada em 1804, com a participação da orquestra do Arquiduque. Quanto à Sinfonia n.º 8, estreou em 1814, em Viena, sob a direcção do compositor, cuja surdez se agravara a um ponto tal que os músicos fizeram por ignorar a gesticulação desajeitada do maestro e guiaram-se pelo primeiro violino.

Intérpretes: Tatiana Samouil (violino), Pavel Gomziakov (violoncelo) (na foto), Andrei Korobeinikov (piano), Orquestra Metropolitana de Lisboa, direcção de Pedro Amaral

[II andamento (Largo) do Triplo Concerto, por Anne-Sophie Mutter (violino), Lynn Harrell (violoncelo), André Previn (piano) e Filarmónica de Londres, com direcção de Kurt Masur]

Por José Carlos Fernandes

Publicado:

Detalhes

A vossa opinião

LiveReviews|0
1 person listening
Também poderá gostar
    Últimas notícias