A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

Brahms e Rosa

  • Música, Clássica e ópera
Musica, Clássica, Director Musical, Pedro Amaral
©David RodriguesPedro Amaral
Publicidade

A Time Out diz

Ao contrário do que afirma a apresentação deste concerto pela Orquestra Metropolitana de Lisboa (OML), a globalização não começou há 500 anos: há 2000 anos já o comércio de especiarias entre o Oriente e Roma era florescente. Foi o desejo de proporcionar à Coroa espanhola uma rota alternativa para as mesmas especiarias, não o desígnio de circum-navegar o planeta, que levou Fernão de Magalhães a zarpar de Sanlúcar de Barrameda a 20 de Setembro de 1519. A comemoração desta viagem, de que este ano se comemora o 500.º aniversário, levou a OML a encomendar a António Chagas Rosa a obra Circumnavigare, para violoncelo e orquestra, que terá estreia nesta ocasião.

A razão de surgir ensanduichada entre duas obras de Brahms, compositor que nasceu 314 anos depois e cujo único vínculo ao mar foi ter tido por terra natal a cidade portuária de Hamburgo, é enigmática e talvez fosse mais diplomático contemplar uma obra espanhola, já que foi Elcano quem, a 22 de Setembro de 1522, concluiu o que Magalhães começara (mas nunca pretendera), mas todos
os pretextos são bons para ouvir a Abertura Trágica op.81 e a Sinfonia n.º 4.

O solista será Filipe Quaresma e o maestro Pedro Amaral (na foto).

Escrito por
José Carlos Fernandes

Detalhes

Endereço
Publicidade
Também poderá gostar