Brahms e Zemlinsky

Música, Clássica e ópera Gratuito

A Time Out diz

Em meados da década de 1890, quando Alexander Zemlinsky tinha vinte e poucos anos e era ainda desconhecido e Johannes Brahms era sexagenário e um dos nomes mais proeminentes do meio musical austro-germânico, o segundo deu uma preciosa ajuda à carreira do primeiro, nomeadamente ao recomendar ao seu editor a publicação do Trio para clarinete (ou violino), violoncelo e piano (1896), de Zemlinsky. O próprio Brahms compusera um trio para formação análoga cinco anos antes, o famoso op.114, pelo que faz todo o sentido juntar as duas obras no mesmo programa – é o que fazem Jorge Camacho (clarinete), Daniela Radu (violino), Mariana Ottosson (violoncelo) e Anna Tomasik (piano).

Por José Carlos Fernandes

Publicado:

Detalhes

A vossa opinião

LiveReviews|0
1 person listening