Brujeria

Música, Punk e metal
0 Gostar
Guardar
Brujeria
©DR

Os brujeria são um nome histórico do grindcore. São um nome histórico da música extrema, em geral. No activo desde 1989, editaram pela Alternative Tentacles e pela Roadrunner e já tiveram nas suas fileiras nomes como Jello Biafra (Dead Kennedys) e membros de bandas situadas em vários espectros metálicos, dos Fear Factory aos Arch Enemy, passando até pelos Faith No More.

Liderados e idealizados por Juan Brujo, um dos poucos membros que se dedicou e dedica em exclusivo ao grupo, editaram uma mão cheia de singles e dois excelentes discos de grindcore narco-satânico – Matando Gueros, de 1993, e Raza Odiada, de 1995 – antes de tentarem uma abordagem mais comercial e quase roçarem o nu-metal em Brujerizmo (2000). Seguiram- -se uma série de conflitos internos que ameaçaram pôr fim aos Brujeria, mas Juan Brujo nunca deixou a banda morrer e este ano editaram finalmente um novo álbum. Pocho Aztlan pode não ter a força e a fúria virulenta dos discos da década de 90, mas mesmo assim é melhor do que Brujerizmo. E um bom prenúncio para o concerto de domingo no RCA.

Por Luís Filipe Rodrigues

Publicado:

LiveReviews|0
1 person listening