Cantata Criolla, Ibéria e Chaconne

Música, Clássica e ópera
Giancarlo Guerrero
©DR Giancarlo Guerrero

A Time Out diz

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme se os eventos continuam agendados.

A Cantata Criolla faz parte de um programa com a Chaconne BuxWV160, de Buxtehude, em orquestração do mexicano Carlos Chávez, e Iberia, o 2.º painel do tríptico orquestral Images (1905-12), de Debussy.

A interpretação será de Idwer Álvares (tenor), Juantomás Martínez Yépes (barítono) e Coro & Orquestra Gulbenkian, com direcção de Giancarlo Guerrero (na foto), maestro nascido na Nicarágua e que fez carreira na Costa Rica e na Venezuela, antes de rumar aos EUA, onde actualmente é maestro titular da Sinfónica de Nashville (além de maestro convidado da Orquestra Gulbenkian). Guerrero tem-se empenhado na divulgação de compositores do continente americano e já ganhou seis Grammy.

Por José Carlos Fernandes

Publicado:

Detalhes

Também poderá gostar