Concertos de Natal em Lisboa (e Cascais)

Todos os anos, em Lisboa, o rumor benigno das guitarras anima o Natal dos crentes no rock. The Legendary Tigerman e Pop Dell'Arte são os maiores nomes, mas há mais um par de concertos, entre sexta 23 e domingo 25, que não o vão defraudar

©Paulo Segadaes

Há cada vez mais pessoas para quem sair de casa e ver um concerto é um momento crucial das festividades de Natal. The Legendary Tigerman toca a 25 de Dezembro na Zé dos Bois há mais de uma década, e este ano dá outro concerto já na sexta 23. Os Pop Dell'Arte também costumam tocar algures durante a quadra, e este ano vão ao Sabotage no dia 23, enquanto as Señoritas tocam na sala do Cais do Sodré no dia de Natal. Caso ache isto tudo muito tenrinho, pode optar por ouvir death metal no Carnatal do Stairway Club, em Cascais.

Concertos de Natal em Lisboa (e Cascais)

The Legendary Tigerman

O concerto de The Legendary Tigerman na ZdB é uma tradição natalícia como tantas outras: depois de encher a barriga na companhia da família, muita gente desloca-se sozinha ou bem acompanhada até ao Bairro Alto. No entanto, esta tradição não se mantém estática. Quando o bluesman coimbrão subiu ao palco da Zé dos Bois pela primeira vez, ele era uma banda de um homem só que ainda não tinha nenhum disco em seu nome. Hoje, partilha o palco com outros músicos, tem cinco álbuns de originais no currículo, abriu as suas canções a outras músicas e geografias para lá dos blues e do delta do Mississippi (ou do Mondego).
Zé dos Bois, sexta-feira 23 e domingo25 , 23.00, 15€.

Pop Dell'Arte

O concerto dos Pop Dell’Arte é outra constante da quadra, apesar de a data ser mais flexível e o poiso mais elástico. Este ano, João Peste, Zé Pedro Moura e companhia sobem ao palco do Sabotage na sexta-feira 23. O alinhamento deve juntar clássicos da canção desalinhada portuguesa como “Sonhos Pop”, “Querelle” e “My Funny Ana Lanna” a novos temas como “La La La (It’s A Wonderful World)”, “Panoptical Architecture For Empty Streets In A Silent City” ou “After The Future”. E, quem sabe, essa pequena subversão natalícia que é “Little Drama Boy”.
Sabotage, sexta-feira 23,  22.30, 10€.

Publicidade

Señoritas

O novo projecto de Maria Antónia Mendes e Sandra Baptista, outrora de A Naifa, estreou-se este ano com Acho Que É Meu Dever Não Gostar, um disco denso e tenso, com uma abordagem minimalista às canções. Apenas a voz e uma guitarra, baixo eléctrico e acordeão, com programações digitais a sustentarem esta empreitada algures entre o pós-punk e a tradição portuguesa. O álbum vai poder ser ouvido ao vivo no dia de Natal, com a atenção e a calma que estas cantigas pedem.
Sabotage, domingo, 00.00, 6€.

Carnatal XVI

Não é um concerto de Natal, é um concerto de Carnatal. A banda de death metal portuguesa Theriomorphic inicia a digressão de celebração dos seus 20 anos no Stairway Club, em Cascais, na sexta-feira, e ao mesmo tempo começa a promover o EP Of Fire and Light, a editar em breve. Antes de ser servido o prato principal, os extremistas natalícios vão também poder ouvir o death metal dos Analepsy, Destroyers of All e Invoke.
Stairway Club, Cascais, sexta-feira, 22.00, 7,5€.

Publicidade

Comentários

0 comments