Lisboa icon-chevron-right Dez assobios que tem de ouvir

Dez assobios que tem de ouvir

Há milhares de assobios em canções pop. Normalmente são insofríveis, mas de vez em quando trazem algo de bom e diferente a uma canção. É o caso destes dez
Andrew Bird
Por Luís Filipe Rodrigues |
Publicidade

Assobios espalhados pelo cancioneiro pop das últimas décadas é o que não falta. De um modo geral são insofríveis, ocasionalmente são insofríveis e colam-se ao ouvido, mas muito de vez em quando trazem algo de novo e diferente a uma canção. Melhoram-na. Oiçam-se, por exemplo, os silvos de Andrew Bird, que terça toca na Casa da Música e quarta dá um concerto em Lisboa, no Centro Cultural de Belém. Oiça-se, aliás, qualquer um destes dez. Sem medos.

Dez assobios que tem de ouvir

Camera

Andrew Bird - Danse Caribe

“Danse Caribe” começa sem surpresas: mais uma canção de Andrew Bird enformada pela tradição folk anglo-saxónica. Mas de repente surge uma inesperada e bem-vinda melodia caribenha, elevada pelo assobio de Bird.

Camera

Beck - Sissyneck

A primeira coisa que se ouve em “Sissyneck” é um assobio. Mas o mérito não é de Beck: o início é um sample de "The Moog and Me", do músico e compositor americano Richard Hyman, que começa exactamente da mesma forma.

Publicidade
Camera

David Bowie - Golden Years

Este single funk de 75 é um dos pontos altos do álbum Station To Station. Com um silvo subtil e contido que aparece e desaparece subitamente no final da canção.

Camera

Guns N’ Roses - Patience

O assobio pesaroso de Axl Rose dá o mote para esta balada acústica de 1989, inspirada pela relação do vocalista dos Gun N’ Roses com a sua ex-mulher Erin Eberly.

Publicidade
Camera

Paul Simon - Me and Julio Down By The School Yard

O assobio despreocupado de “Me and Julio Down By The School Yard” é um dos mais conhecidos da pop. E encaixa que nem uma luva na canção.

Camera

Peter Bjorn and John - Young Folks

É um dos assobios mais reconhecíveis dos últimos anos. Quatro minutos e meio de melancolia indie-pop, com um síbilo que remete para a década de 60.

Publicidade
Camera

Peter Gabriel - Games Without Frontiers

Os coros de Kate Bush e o assobio de Peter Gabriel, são as melhores partes deste single de 1980 assombrado pela guerra fria.

Camera

Pixies – La La Love You

Cantada pelo baterista Dave Lovering, "La La Love You" é uma canção de amor semi-irónica que remete para os 50s. E tem um assobio à trolha maravilhoso.

Publicidade
Camera

Roxy Music - Jealous Guy

Há dezenas de versões de "Jealous Guy", de John Lennon. Mas esta é a melhor. E isso deve-se em parte ao assobio fúnebre de Bryan Ferry.

Camera

Teenage Fanclub - Mellow Doubt

Retirada de Grand Prix (1995), "Mellow Doubt" é uma canção pop redonda com a assinatura de Norman Blake. E tem um assobio.

More to explore

Publicidade