Feist

Música, Rock e indie
Feist
©DR

Feist precisa de desabafar. O canto entristecido da canadiana abandonou as fantasias pop coloridas em favor de um
 som mais sujo e cru. No álbum Pleasure (2017) encanta pela forma como encontra pequenos refúgios sentimentais, permitindo que a vida e as suas imperfeições permeiem cada momento. É um disco suave mas potente, de quem quer sentir mais e melhor, mesmo que ainda não saiba como. Pleasure revela-se sem pressa. Timidamente, Feist vai descobrindo o seu poder entre acordes delicadamente dedilhados e relâmpagos de guitarras. Com versos ancorados na solidão e na ternura, no carinho e no cansaço, na dor e no prazer, como dois lados da mesma moeda, ela é mestra a explorar o caleidoscópio emocional do coração.

Por Editores da Time Out Lisboa

Publicado:

LiveReviews|0
1 person listening