Festival Antena 2

Música, Clássica e ópera
Banda Sinfónica da PSP
©DR Banda Sinfónica da PSP

A Time Out diz

O Festival, espelhando a orientação da rádio que o promove, é abrangente nos géneros e no âmbito cronológico e geográfico: abre com “Uma viagem pela Europa barroca”, em que Os Músicos do Tejo, com direcção de Marcos Magalhães, tocam obras de Francisco António de Almeida, Handel, Rameau e Telemann; a seguir, a Banda Sinfónica da PSP, com direcção de José Ferreira Brito, combina a Abertura para Banda, de Mendelssohn, com a Sinfonia n.º 1, de Johan de Meij e uma peça do compositor contemporâneo português Luís Tinoco. O programa “Sopros de Luz”, pelo Quinteto À Vent-Garde, foca-se na música de câmara para sopros do século XX: Partita, de Irving Fine, Suíte para Quinteto, de Radamés Gnatalli, Trois Pièces Brèves, de Jacques Ibert, Seis Bagatelas, de Ligeti, e Quinteto op.56, de António Victorino D’Almeida.


A Orquestra Metropolitana de Lisboa, com direcção de Pedro Amaral, traz obras consagradas: a Sinfonia n.º 2, de Brahms, e o Concerto para oboé K.314, de Mozart. O fecho faz-se com a delirante e azougada big band L.U.M.E., sob a direcção de Marco Barroso.

Por José Carlos Fernandes

Publicado:

Detalhes

Também poderá gostar