Festival Forte

Música, Festivais de música
0 Gostar
Guardar
Festival Forte
Foto: Cortesía MUTEK
Quando, no final dos anos 80, inícios dos 90, as raves começaram a ter eco em Portugal (um eco, logicamente, relativo) nessa lógica de electrónica entre os primórdios do techno e a estética mais industrial, o Castelo de Montemor-o-Velho (já não é admissível confundir com Montemor-o-Novo, ok? Pronto), distrito de Coimbra, era um dos locais de referência. 
É essa herança que a Soniculture quis recuperar em 2014, primeira edição do Festival Forte. E logo aí se viu que o lema estava alcançado. Como alguém disse uma vez num programa de talentos da televisão portuguesa, “está forte, está”. E embora a organização não a utilize oficialmente, quem já lá esteve sabe que a frase anda nas bocas dos festivaleiros. O elenco é de luxo: Clark, Dasha Rush, DVS1, Jeff Mills, Michael Mayer (que na primeira edição terminou o festival com “Love is in the Air”), Oscar Mulero, Shlømo, Apart, Danny Daze, entre tanto outros. Para celebrar a electrónica em todas as suas versões.