Lopes-Graça e Weill

Música

A Time Out diz

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme se os eventos continuam agendados.

A Orquestra Metropolitana de Lisboa, com direcção de Amaury du Closel (na foto), toca duas obras pouco ouvidas do séc. XX: o Concerto da Camera col Violoncello Obbligato LG.73, de Fernando Lopes-Graça, e a Sinfonia n.º 2 de Kurt Weill.

Detalhes

Também poderá gostar